Liturgia Diária

José, filho de Davi

São José, esposo da Virgem Maria. é apresentado no Evangelho como homem de fé E justo, o pai adotivo de Jesus; o carpinteiro de Nazaré,
Oração diária,José fez conforme o anjo do Senhor tinha mandado - Mt 1,16.18-21.24a

5ª Semana da Quaresma – Ano Litúrgico – B

Liturgia do dia 19 de março de 2024

Façamos a oração do dia: Pai, teu Filho encarnou-se para salvar a humanidade e reconduzi-la à comunhão contigo. Torna-me solícito para acolher o caminho da salvação aberto por ele.

PRIMEIRA LEITURA: 2Sm 7,4-5a.12-14a.16

Leitura do Segundo Livro de Samuel.

Naqueles dias, 4a Palavra do Senhor foi dirigida a Natã nestes termos: 5a “Vai dizer ao meu servo Davi: ‘Assim fala o Senhor: 12 Quando chegar o fim dos teus dias e repousares com teus pais, então, suscitarei, depois de ti, um filho teu, e confirmarei a sua realeza. 13 Será ele que construirá uma casa para o meu nome, e eu firmarei para sempre o seu trono real. 14a Eu serei para ele um pai e ele será para mim um filho. 16 Tua casa e teu reino serão estáveis para sempre diante de mim, e teu trono será firme para sempre'”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 89(88)

— Eis que a sua descendência durará eternamente.

— Eis que a sua descendência durará eternamente.

— Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor, de geração em geração eu cantarei vossa verdade! Porque dissestes: “O amor é garantido para sempre!” E a vossa lealdade é tão firme como os céus.

— “Eu firmei uma Aliança com meu servo, meu eleito, e eu fiz um juramento a Davi, meu servidor. Para sempre, no teu trono, firmarei tua linhagem, de geração em geração garantirei o teu reinado!”

— Ele, então, me invocará: ‘Ó Senhor, vós sois meu Pai, sois meu Deus, sois meu Rochedo onde encontro a salvação!’ Guardarei eternamente para ele a minha graça e com ele firmarei minha Aliança indissolúvel.

SEGUNDA LEITURA: Rm 4,13.16-18.22

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.

Irmãos,13 Não foi por causa da Lei, mas por causa da justiça que vem da fé, que Deus prometeu o mundo como herança a Abraão ou à sua descendência. 16 É em virtude da fé que alguém se torna herdeiro. Logo, a condição de herdeiro é uma graça, um dom gratuito, e a promessa de Deus continua valendo para toda a descendência de Abraão, tanto para a descendência que se apega à Lei, quanto para a que se apoia somente na fé de Abraão, que é o pai de todos nós. 17 Pois está escrito: “Eu fiz de ti pai de muitos povos”. Ele é pai diante de Deus, porque creu em Deus que vivifica os mortos e faz existir o que antes não existia. 18 Contra toda a humana esperança, ele firmou-se na esperança e na fé. Assim, tornou-se pai de muitos povos, conforme lhe fora dito: “Assim será a tua posteridade”. 22 Esta sua atitude de fé lhe foi creditada como justiça.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

EVANGELHO: Mt 1,16.18-21.24a

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo. 18 A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo. 19 José, seu marido, era justo e, não querendo denunciá-la, resolveu abandonar Maria, em segredo. 20Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho, e lhe disse: “José, Filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. 21Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados”. 24a Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

“Teu pai e eu estávamos angustiados à tua procura.” São José, o pai na Sagrada Família, homem justo, agraciado com revelações em sonhos. Sua missão não foi fácil, mas houve sempre um anjo por perto para orientá-lo. Era conhecido como carpinteiro. Pelo mais, pouco sabemos de sua vida e nada de sua morte. Existe uma devoção a São José da Aparição, não por ter ele aparecido, mas pelo anjo que lhe apareceu diversas vezes em sonhos. Na França, conserva-se o relato de uma aparição de São José em 1660.

Cônego Celso Pedro da Silva

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Celebramos hoje a solenidade de São José, esposo da Virgem Maria. José é apresentado nos Evangelhos como homem de fé, do silêncio, justo, pai adotivo de Jesus; o carpinteiro de Nazaré, descendente de Davi (de quem devia nascer o Messias).

Peçamos a graça de acolher Jesus em nossa vida com a mesma disponibilidade de José e Maria. São José, alegres louvamos teu exemplo de doação paternal ao nosso amado Jesus. Homem da obediência e do silêncio, ensinai-nos por teu exemplo a colocarmos nossa confiança nas mãos do Pai Celestial.

Leitura (Verdade)

José, o pai adotivo de Jesus ou seja, o pai neste momento histórico em que Jesus foi um ser humano feito igual um de nós. Nisto está a dificuldade dos judeus de aceitarem a identidade divina de Jesus, pois eles o julgavam apenas segundo a carne.

O Evangelho de hoje é um texto que, à luz do Antigo Testamento (Jz 13; Dt 22,23-27, Nm 5,11-31 etc.), mostra a passagem para a nova realidade do Reino. José é um homem justo que, pela lei do Antigo Testamento, deveria denunciar Maria, e ela seria apedrejada. Não querendo expor sua noiva, José entra em sintonia com a nova justiça que seu Filho irá instaurar no coração da humanidade: a misericórdia. Ao festejar São José, a Igreja celebra essa pessoa que vivenciou as virtudes do Reino e que colaborou para que Jesus pudesse instaurá-lo. Homem simples e justo, ele desempenha com perfeição seu papel na história da salvação. Ao lado de Maria, iluminado pela luz da fé, o casal nos deu Jesus, o Salvador.

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim hoje?
Como compreendo a missão de José?
José é considerado o justo, o fiel por que acompanhou Jesus e Maria na alegria e nas dificuldades, que não foram poucas desde a gestação de Maria até a adolescência de Jesus. Como está sua fidelidade no caminho de Jesus?

Oração (Vida)

Com as palavras que estão em seu coração, apresente ao Senhor as famílias que passam por dificuldades na educação de seus filhos. Pais que procuram seus filhos, às vezes adolescentes, perdidos na droga, no vício. Pais desempregados que sofrem a angústia de não ter como providenciar uma vida digna pera seus filhos…

Conclua: São Jose, junto com Maria provastes a aflição de ver seu filho tantas vezes correndo perigo de vida. Sê o protetor de todos os pais: no momento em que os filhos procuram um sentido para viver, no momento em que se perdem arriscando a própria vida. Sê o protetor de todos os pais que buscam construir um lar segundo a vontade de Deus. Amém.

Contemplação (Vida e Missão)

Após esta meditação o que você se propõe viver neste dia?
Peça aos pais de Jesus que intercedam junto ao seu Filho para o seu crescimento numa busca da vontade de Deus. Procure o silêncio e a justiça como opções seguras de estar no caminho de Jesus.

Bênção

Benção especial da Quaresma
– Deus Pai de misericórdia, conceda a todos, como concedeu ao filho pródigo, a alegria do retorno a casa. Amém.
– O Senhor Jesus Cristo, modelo de oração e de vida, nos guie nesta jornada quaresmal a uma verdadeira conversão. Amém.
– O Espírito de sabedoria e fortaleza nos sustente na luta contra o mal, para podermos com Cristo celebrar a vitória da Páscoa. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Homilia Dominical