Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados

Reflexões Diárias

Quando tudo se torna ineficaz, quando nada na terra pode construir um lenitivo, é então que Deus aparece no espírito do homem e o acalma e o consola e chega a torná-lo feliz.

Índice: Voltar ao índice das reflexões

Preciso muito de sua ajuda para continuar a manter o site no ar!
Doação: Ajude a evangelizar. Clique aqui para doar qualquer valor.


“Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.”

Bem-aventurança difícil de compreender, mas que encerra todo um segredo de verdadeira felicidade. Os aflitos, os que choram, os que se sentem deprimidos e angustiados; todos os homens devem provar esses momentos amargos em determinadas circunstâncias de sua vida; a dor física ou a dor moral agarram-se a nós, torturam cruelmente nossas carnes ou atormentam barbaramente nosso espírito: mordem, ragam, dilaceram.

A enfermidade, o mal-estar, o acidente que corta ou inutiliza uma vida oua deixa; o mesmo que a incompreensão dos nossos mais próximos, o esquecimento de nossos entes queridos; as relações tensas, os tratamentos ásperos e rudes… enfim, todo um mundo de dor, de amargura; felizes os que sofrem, porque eles serão consolados com a consolação de Deus.

Quando tudo se torna ineficaz, quando nada na terra pode construir um lenitivo, é então que Deus aparece no espírito do homem e o acalma e o consola e chega a torná-lo feliz.

“O Senhor escutou minha oração, o Senhor acolheu a minha súplica” (Sl 6,10). “Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens. Habitará com eles e serão seu povo, e Deus mesmo estará com eles. Enxugará toda lágrima de seus olhos” (Apoc 21,3-4).