Às vezes o sol se esconde

Reflexões Diárias

Em seu coração você deve reservar sempre um lugar no qual não vai permitir que a turbação ou o tédio penetre deve ser um lugar sagrado no qual só penetrem a paz a serenidade a tranqüilidade numa palavra Deus

Índice: Voltar ao índice das reflexões

Preciso muito de sua ajuda para continuar a manter o site no ar!
Doação: Ajude a evangelizar. Clique aqui para doar qualquer valor.


Às vezes o sol se esconde atrás da celagem das nuvens; na vida há vezes em que a alegria se oculta por trás das nuvens densas e grandes das preocupações.

Mas você não deve esquecer que, mesmo quando o sol se acha oculto, ele brilha limpidamente acima das nuvens; assim você, em meio às suas preocupações e problemas, deve conservar sempre a calma, que possibilitará o brilho do sol da alegria em sua vida.

Em seu coração, você deve reservar sempre um lugar no qual não vai permitir que a turbação ou o tédio penetre; deve ser um lugar sagrado no qual só penetrem a paz, a serenidade, a tranqüilidade; numa palavra: Deus.

Sim, porque Deus é isso: paz, tranqüilidade e bem-estar. Ao contrário, o mal é sempre tormenta, nuvens grossas e enormes, raio devastador e trovão amedrontador, tristeza enervante, desalento que chega a secar as fontes da vida, o dinamismo da atividade criadora.

"Senhor de vossa força, julgais com bondade e nos governais com grande indulgência, porque sempre vos é possível empregar vosso poder, quando quiserdes" (Sab 12,18). «Para que possamos viver uma vida calma e tranqüila, com toda a piedade e honestidade. Isto é bom e agradável diante de Deus, nosso Salvador" (lTim 2,2-3).