Coloquemos nas mãos de Deus o leme da nossa vida

Enriqueça a sua fé - Artigos e Espiritualidade para formação católica

Com Deus não estamos perdidos, pois Ele sempre está nos levantando e conduzindo.

Índice: Leia os outros artigos e Espiritualidade para formação católica

Preciso muito de sua ajuda para continuar a manter o site no ar!
Doação: Ajude a evangelizar. Clique aqui para doar qualquer valor.


A palavra meditada hoje está no Salmo 34,18-23:
“Os justos clamam e o Senhor os ouve, salva-os de todos os perigos. O Senhor está perto de quem tem o coração ferido, salva os ânimos abatidos. Muitas são as desventuras do justo, mas de todas o Senhor o livra. O Senhor preserva todos os seus ossos, nem um só se quebrará. A malícia mata o ímpio e quem odeia o justo será punido. O Senhor resgata a vida de seus servos, quem nele se refugia não será condenado.”

O justo se coloca embaixo da Cruz de Cristo para que possa ser justificado por Ele. Justificados por Jesus, aprendamos dia após dia a viver a justiça. No dia da Exaltação da Santa Cruz, Ele levanta os corações abatidos. Hoje é dia de exaltarmos o sacrifício de amor de Cristo por nós. Vivemos em perigo? Clamemos que o Senhor venha em nosso socorro. Ele salva todos que estão abatidos em sua alma.

A Providência Divina segura o leme da nossa vida. Se entregarmos nossas vidas nas mãos do Senhor, não temos porque temer as tempestades. Coloquemos, sem medo, nosso tudo diante do Pai, pois Ele nos conduz com segurança. Que rezemos confiando no Senhor: “Deus me salva de todos os perigos”.

O Senhor salva aqueles que O amam, que O temem e clamam por Ele. A Divina Providência é a fonte mais poderosa deste mundo. Com Deus não estamos perdidos, pois Ele sempre está nos levantando e conduzindo.

Quem está com Deus e em Deus tem uma constante alegria em seu coração, pois tem em si a certeza de que não está sozinho, mas a mão poderosa de Deus Pai o sustentando.

Quem não tem fé, desacredita e assim desanima. Felicidade nós encontramos junto de Deus. Muitas são as desventuras pelas quais passamos, mas quem confia no Senhor não é desamparado. Só com orações e lágrimas, nos aproximaremos do mistério da Cruz.

Márcio Mendes
Missionário da Comunidade Canção Nova