Hist�ria da Igreja
 
A mensagem de Jesus
Por: Juberto Santos
 
Leia os outros artigos
 

“Este é o Profeta Jesus, o de Nazaré da Galiléia”.O “Profeta” era, para os Judeus, o homem que proclamava a palavra de Deus e foi isso que Jesus fez (Hb 1, 1) (Jo 8, 40). Jesus é o melhor e o maior Mestre das coisas de Deus. É ele quem mais sabe destas coisas, porque vem da parte de Deus (Jo 5, 43; 12, 49-50). Ele não se limita em seu ensinamento, a repetir e a explicar os textos sagrados do Antigo Testamento, pois não basta combater as conseqüências, se primeiro não se elimina as causas (Mt 5, 22). Ele veio para instituir um novo ensinamento aprimorado aos Mandamentos do Antigo Testamento.

Os apóstolos, depois de haver convivido com Cristo, depois de havê-lo ouvido, havê-lo visto agir, depois de sua morte e ressurreição, entenderam a mensagem da Boa Nova quem foi Jesus e toda a sua vida: Que Deus é fiel a seu amor aos homens na vida e além da morte. A grande revelação que Deus nos faz, a grande mensagem de Jesus é que Deus nos ama! (Jo 3, 16-17). Que Deus é nosso Pai Responsável e Bom, que nos ama com carinho e preocupação de um verdadeiro Pai (Jo 20, 17) (Mt 23, 9; 5, 48). Que todos vós sois irmãos (Mt 23, 8).

Ele nos repete de diversas formas, que o amor a Deus coincide e identifica-se com o amor ao próximo (Mt 22, 37-40) e que são inseparáveis (1 Jo 4, 20-21). O que se faz ao próximo (e ao próximo mais humilde e necessitado) é como se fosse feito ao próprio Jesus (Mt 18, 5; 25, 40). E o que se faz a Jesus é como se fosse feito ao Pai: “Quem não honra o filho, não honra o Pai que lhe enviou.” (Jo 5, 23).

Deus está perto de nós. Deus se fez homem. É Cristo Nosso Senhor. Se quisermos encontrar a Cristo, teremos de procurá-lo onde está, sobretudo entre os que necessitam de nossa ajuda (Mt 25, 40-45).

A Causa a qual Jesus deu a Vida
  1.  A mensagem central de sua pregação e de toda a sua vida é o Reino de Deus. (Mc 1, 15)
  2. Envia o grupo de Discípulos e amigos que reuniu (Mt 10, 8).
  3. Depois da Ressurreição, o tema chave de sua conversa, de suas instruções é (At 1, 3):
  4. O Reino de Deus divide-se em homens “filhos do Reino” e “Filhos do mal”;
  5. O homem em de vender tudo o que tem (Mt 13, 4), deixar tudo (Lc 18, 28), tornar-se eunuco (Mt 19, 12), tudo pelo Reino;
  6. O Reino e a sua Justiça é o que se deve procurar em primeiro lugar (Mt 6, 33)
O REINO DE DEUS É “GRAÇA”, DOM QUE DEUS OFERECE AO HOMEM...

Reino de Deus é definitivamente a comunhão dos homens com Deus e dos homens entre si, que se inicia aqui na terra que, com Jesus Cristo, “levará todos os homens, transformados em filhos de Deus pela eficácia do Espírito, a um domínio do mundo cada dia mais perfeito, a uma comunhão entre irmãos cada dia mais realizada, à plenitude da comunhão e participação que constituem a própria vida de Deus”. (Puebla 197, 219).



 
 
xm732