Teatro para catequese
 
Presépio Vivo
Enviado por: Simone Aparecida de Oliveira Gonçalves
Oratório Domingos Sávio - Piquete - SP
 
Confira a lista com os outros temas de teatro
 
Para enviar essa peça de teatro automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
 
Gostou desse teatro? Salve em formato word.
 
Confira a lista com os outros temas de teatro
 
 

Personagens: Narrador (PATO), Maria (MORALINA), Anjo (CLAUDINHO), José (VINÍCIUS), Isabel (LÚ), Hospedeira (MARA), Pastores (THIAGO BATISTA, BRUNO E RAFAEL), Arauto (RONALDO), Hospedeiro (DIEGO), Reis Magos (TONY, ROOSE, GIL).
DANÇA – Kellen, Daiani, Carol, Telma, Anelize, Ana Luiza


Música - História de Maria
Entra Maria caminhando entre as pessoas, acompanhada por um holofote, e pára em frente ao altar.

Música - Bom José
Entra José caminhado entre as pessoas, acompanhado por um holofote, pára em frente ao altar e dá as mãos a Maria.

(Apaga-se o holofote e acende-se no cenário da ANUNCIAÇÃO)
(MÚSICA DE FUNDO)

NARRADOR - No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia chamada Nazaré, a uma Virgem desposada com um homem que se chamava José, e o nome da Virgem era Maria. Entrando, o anjo disse-lhe:

ANJO - Ave cheia de graça, o Senhor é contigo!
MARIA - Que vejo meu Deus? É o anjo do meu Senhor?
ANJO - Não temas Maria, pois achaste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás a luz a um filho e lhe porás o nome de Jesus. Ele será grande e chamar-se-á filho do Altíssimo e o seu reino não terá fim!
MARIA - Como se fará isso se não conheço homem?
ANJO - O Espírito Santo virá sobre ti, e a força do altíssimo te envolverá com sua sombra. Por isso o ente santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus. Também Isabel, tua parenta, até ela concebeu um filho na velhice e já está no sexto mês aquela que era tida por estéril, porque para Deus nada é impossível.
MARIA - Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra.
NARRADOR - E o anjo afastou-se dela.

(Apaga-se o holofote da ANUCIAÇÃO e acende o da dança)         (Depois do holofote da escada apagado, Maria sai de cena)

DANÇA - COM O TEU SIM
(Terminada a dança, apagam-se os dois holofotes)

NARRADOR - Mas a notícia da gravidez de Maria se espalhou naquele pequeno povoado. Maria então vai ter com José.
(Maria vai ao encontro de José em frente ao altar. e acende-se um holofote em Maria e José)
MARIA - José, preciso lhe falar...
JOSÉ - O que houve Maria?
MARIA - Estou esperando um filho.
JOSÉ -  O que? Um filho? Mas como isso pôde acontecer? Nunca imaginei que pudesses me trair Maria...
(Sai triste)
MARIA - José!
(José vai para o cenário do Sonho)
(Maria sai de cena, coloca a barriga e espera)

NARRADOR - Apesar de triste, José era um homem de bem e não querendo difamar Maria, resolveu deixá-la secretamente. Porém, eis que um anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos e lhe disse:
ANJO - José, Filho de Davi. Não temas receber Maria por sua esposa pois o que nela foi concebido vem do Espírito Santo. Ela dará a luz um filho a quem porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo de seus pecados.

(Apaga-se o holofote do Sonho, o anjo se retira e acende-se novamente o holofote em José)

Música - SIMPLES JOSÉ

NARRADOR - José fez como o anjo do Senhor havia lhe dito e recebeu Maria em sua casa.

(Apaga-se o holofote de José e acende-se na Visita a Isabel)

NARRADOR - Naqueles dias, Maria foi às pressas as montanhas, a uma cidade de Judá. Entrou na casa de Zacarias e saudou Isabel.
MARIA - Prima Isabel! Como Deus é maravilhoso!
ISABEL - Maria que bom te ver!
(Isabel coloca as mãos na barriga como se  a criança tivesse se mexido e se ajoelha)
ISABEL - Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre. Donde me vem a honra de vir a mim a mãe do meu Senhor? Pois assim que tua saudação me chegou aos ouvidos, a criança estremeceu de alegria em meu seio. Bem aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas.
NARRADOR - E Maria disse:
(Neste momento um holofote permanece voltado para Maria. Maria canta e dança o Magnifica)

Música - MAGNIFICAT

ISABEL - Que bom que você está comigo Maria!
MARIA - Estou aqui para ajudar-te. Vai descansar um pouco enquanto vou arrumando a casa...
(Apaga-se o holofote da visitação)

NARRADOR - Naquele tempo, apareceu um decreto de César Augusto, ordenando o recenseamento de toda a terra.

TROMBETAS. ENTRA O ARAUTO
(Acende-se o holofote no Arauto)
ARAUTO - Atenção, muita atenção habitantes da terra! O Imperador César Augusto ordena que todos os habitantes de seu império dirijam-se imediatamente à sua terra natal para o recenseamento. O imperador quer saber quantos habitantes existem no seu império. Quem não obedecer a este edito será passado ao fio da espada. Cumpra-se! Ass: Imperador César Augusto.
(Sai o Arauto e vão passando os peregrinos e por último José e Maria)

NARRADOR: Estando eles ali, completaram-se os dias de Maria...

JOSÉ - Coragem Maria! Sei que já é nosso terceiro dia de viagem, mas já estamos chegando.
MARIA - Olha José, é Belém!
JOSÉ - Como é bom rever a terra natal.
MARIA - Acho melhor se apressar José. Nosso filho está querendo nascer.
JOSÉ - Ô de casa! Ô de casa! Oi, eu sou José, descendente de Davi. Tio Manassés ainda mora aqui?
HOSPEDEIRO - Esta casa está abandonada. Quem são vocês?
JOSÉ - Eu sou José e esta é Maria minha esposa. Viemos de Nazaré. Ela precisa de um lugar para ter nosso filho.
HOSPEDEIRO - Minha casa já está cheia. Batam aí na frente, quem sabe encontram um lugar.
MARIA - Depressa José, minhas dores estão aumentando.
JOSÉ - Agüente firme Maria. Tudo vai dar certo.
(Bate em outra casa)
Ô de casa! Por favor ajude-nos!
HOSPEDEIRA - Isso são horas de nos incomodar? Acordaram meus filhos!
JOSÉ - É que minha esposa vai dar a luz...
HOSPEDEIRA - E eu com isso? Aqui não é maternidade. Vão mais a frente. Talvez encontrem uma hospedaria.
MARIA - Ó meu Deus! Pelo menos um cantinho, qualquer lugar serve...
JOSÉ - Vamos Maria, na minha infância, conheci uma gruta aqui perto. É lá que nosso filho vai nascer.
(Apaga-se o holofote de Maria e José que se encaminham para a gruta e acendem-se nos pastores)

NARRADOR - Havia nos arredores uns pastores que vigiavam e guardavam o seu rebanho nos campos, durante as vigílias da noite. Um anjo do Senhor apareceu-lhes e a glória do Senhor refulgiu ao redor deles e tiveram grande temor.

ANJO - Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados!
Eis que vos anuncio uma boa nova que será alegria para todo o povo: Hoje vos nasceu na cidade de Davi um Salvador, que é Cristo Senhor. Isto vos servirá de sinal: achareis um recém nascido envolto em faixas e posto numa manjedoura.
(Todos os pastores saem correndo)
(Acende-se o holofote na Sagrada Família )

JOSÉ - Aqui está o Messias prometido! Ele veio para que todos tenham vida e vida em abundância!
(Nesse momento forma-se o presépio vivo)
NARRADOR - E subitamente ao anjo juntou-se uma multidão do exército celeste que louvava a Deus e cantava:
(Acende-se o 2º holofote nos anjos e nos três reis magos que estarão entrando)
MÚSICA - DO GLÓRIA

 
 
xm732