Santo do dia

Santa Rita de Cássia

Rita nasceu no ano de 1381, na cidade de Cássia. Na infância manifestou sua vocação religiosa, mas para atender aos desejos de seus pais já idosos, Rita casou-se com um homem de nome Paulo Ferdinando. 

Seu marido tornou-se violento e agressivo. A tudo ela suportava com paciência e oração. A penitência e a abnegação de Rita conseguiriam convertê-lo aos preceitos de amor à Cristo. Entretanto suas atitudes passadas deixaram um rastro de inimizades, que culminaram com seu assassinato, trazendo grande dor e sofrimento ao coração de Rita.

Dedicou-se então aos dois filhos ainda pequenos, que na adolescência descobriram a verdadeira causa da morte do pai e resolveram vingá-lo, quando crescessem. Rita pediu a interferência de Deus, para tirar tal idéia da cabeça dos filhos e que, se isso não fosse possível, os levasse para junto Dele. Em menos de um ano os dois filhos de Rita, morreram, sem concretizarem a vingança. 

Rita ficou sozinha no mundo e decidiu dar um novo rumo à sua vida. Determinada, resolveu seguir a vocação revelada ainda na infância: tornar-se monja agostiniana. 

Ela se entregou completamente à uma vida de orações e penitências, com humildade e obediência total às regras agostinianas. Sua fé era tão intensa que na sua testa apareceu um espinho da coroa de Cristo, estigma que a acompanhou durante catorze anos.

Rita morreu no ano de 1457, aos setenta e seis anos, em Cássia. Sua fama de santidade atravessou os muros do convento e muitos milagres foram atribuídos à sua intercessão. Os fiéis a consideram a "Santa das Causas Impossíveis". 

Reflexão:

O culto à bem aventurada da vila de Cássia se estendeu rapidamente pelo mundo, onde por causa dos milagres obtidos por sua intercessão o povo lhe deu o nome de " Santa das Causas Impossíveis". Porém, mais importante que os milagres, é o exemplo de vida que recebemos de Santa Rita. Sua perseverança e fidelidade ao Cristo deram a ela a coroa da santidade.

Oração:  

Deus, que vos dignastes conferir à Santa Rita tamanha graça que, havendo ela vos imitado no amor aos seus inimigos, trouxe no coração e na fronte os sinais de vossa caridade e sofrimento, concedei, nós vo-lo suplicamos, que pela sua intercessão e merecimento amemos os nossos inimigos e mereçamos receber a recompensa prometida aos mansos e humildes. Amém.

Colaboração: Padre Evaldo César de Souza, CSsR
 
Para compartilhar automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Compartilhe essa página no facebook, assim seus amigos conhecerão a história dos santos. Para isto basta clicar no icone do FACEBOOK ou outro programa que você desejar compartilhar com seus amigos. Vamos evangelizar !
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar essa reflexão para todos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
 
Leia também:
Litúrgia diária com comentário do Evangelho e Leitura Orante.
Homília Dominical - Homilia preparada pelo Pe Wagner A. Portugal
Missa com crianças - Prepare a missa com crianças da sua catequese ou utilize as historinhas nos encontros de catequese, ótimo conteúdo.
Reflexão diária - Centenas de reflexões para você meditar
Voltar ao índice de todos os santos
 
 
Aprenda como enviar nossas mensagens:
Compartilhando no mural do facebook
Para publicar essas mensagens no seu mural do facebook com todos os amigos. Clique no link acima e saiba como.
 
Compartilhando no mural de um amigo.
Gostaria de enviar essas mensagens apenas para um amigo, o que eu faço?. Clique no link acima e saiba como.
 
Enviar por email
Quero enviar as mensagens por email. Clique no link acima e saiba como.
 
Voltar ao índice de todos os santos
 
 
 
 
xm732