Reflexões Diárias

No silêncio percebemos

O pecado dos outros é uma ocasião para refletirmos sobre nossos pecados.

Renunciando a condenar e observando o silêncio, torno-me capaz de me reconhecer como pecador.

Assim aconselha o patriarca: Quando vires alguém pecar, reza ao Senhor e diz: Perdoa-me, porque eu pequei No silêncio nós não olhamos para os outros mas sim para nós, e nos confrontamos com aquilo que descobrimos de nós mesmos.

Como não conhecemos as condições sob as quais o outro age, proibimo-nos qualquer julgamento e em vez disto deixamos que o comportamento do outro interprete o nosso.

A falha do outro passa a ser um espelho em que reconhecemos as nossas com mais clareza.

 
Para enviar o recado automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Compartilhe essa reflexão diária no facebook, para isto basta clicar no icone do FACEBOOK ou outro programa que você desejar compartilhar com seus amigos. Ajude-nos a levar a Palavra de Deus a todos.
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar essa reflexão para todos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
 
Leia também:
Litúrgia diária com comentário do Evangelho e Leitura Orante.
Homília Dominical - Homilia preparada pelo Pe Wagner A. Portugal
Missa com crianças - Prepare a missa com crianças da sua catequese ou utilize as historinhas nos encontros de catequese, ótimo conteúdo.
Oração diária com a Bíblia - Receba uma indulgência todos os dias
Voltar ao índice das reflexões
 
 
Aprenda como enviar nossas mensagens:
Compartilhando no mural do facebook
Para publicar essas mensagens no seu mural do facebook com todos os amigos. Clique no link acima e saiba como.
 
Compartilhando no mural de um amigo.
Gostaria de enviar essas mensagens apenas para um amigo, o que eu faço?. Clique no link acima e saiba como.
 
Enviar por email
Quero enviar as mensagens por email. Clique no link acima e saiba como.
 
Voltar ao índice das reflexões diárias
 
 
 
 
xm732