Enriqueça a sua fé
 
O Evangelizador
 
Leia os outros artigos
 
Para enviar esse texto automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
Leia os outros artigos
 

Na exortação Apostólica Evangelii Gaudium, o Papa Francisco nos motiva a abrirmos sem medo à ação do Espírito Santo para anunciar a novidade do Evangelho com ousadia, força e alegria. Assim deve ser o espírito do evangelizador: ousado, forte, alegre. E isso só é possível se ele cultivar verdadeira intimidade com Deus, apoiado na oração para que sua vida seja transfigurada pela presença do próprio Deus e a missão seja frutuosa.

O que pode estar faltando para os pastores, para os agentes evangelizadores e nas nossas comunidades para que de fato a evangelização seja mais ardorosa, mais contagiante? Precisamos deixar o coração arder no fogo do Espírito Santo e renovar o impulso missionário e não cair na frieza e na superficialidade em nossa atividade missionária.

Aprender de Jesus, o Evangelizador do Pai, a comunicar a boa-nova da salvação com entusiasmo e total dedicação, pois Ele ensina com a vida e com seu coração universal, serve a todos, se dirige a todos, impulsionado pelo Espírito Santo.

Não podemos nos esquecer que Jesus caminha conosco, trabalha conosco. Não estamos sozinhos. Precisamos estar cada vez mais convencidos do seu amor, seguros e apaixonados por Ele. Só assim vamos convencer os outros também. Seremos credíveis quando vivermos aquilo que amamos.

Melhor viveremos nossa missão quando nos centrarmos em Cristo, descentrarmos de nós mesmos e concentrar-nos nos irmãos e irmãs com atitude servidora.

Deixo algumas dicas partindo da pedagogia de Jesus no anúncio do Reino para que possam iluminar nosso agir evangelizador:

- disponibilidade missionária: para que todos tenham vida.

- alteridade e gratuidade: coração acolhedor dos pequenos, pobres e pecadores.

- servir com fidelidade e humildade: amar até o fim.

- testemunho e autoridade: animado pelo Espírito Santo, falar com a própria vida.

- ser próximo, saber escutar, ter interesse pela vida do próximo.

- anunciar a Palavra com clareza e profundidade e com a força da mensagem permanecer nos corações, criar convicções e animar os irmãos para a missão.

Peçamos a luz do Espírito Santo e a intercessão da Virgem Maria, a estrela da evangelização, para sermos autênticos evangelizadores que comunicam com a vida a alegria do Evangelho de Jesus Cristo.

Pe. André Gustavo de Sousa - C.Ss.R.
www.a12.com

 
 

xm732