Enriqueça a sua fé
 
Precisamos plantar a semente certa para colher bons frutos
 
Leia os outros artigos
 
Para enviar esse texto automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
Leia os outros artigos
 

A Palavra do Evangelho meditada hoje está em Salmos 18, 26-33:



26. Com o fiel és fiel, com o íntegro Tu és íntegro,

27. com quem é puro Tu és puro, mas com o perverso Tu és astuto.

28. Tu salvas o povo pobre e rebaixas os olhos altivos.

29. Javé, Tu és a minha lâmpada, meu Deus, Tu iluminas as minhas trevas.

30. Sim, contigo eu corro ao ataque, com o meu Deus eu assalto a muralha.

31. O caminho de Deus é perfeito, a palavra de Javé é comprovada. Ele é um escudo para os que n’Ele se abrigam.

32. Quem é Deus, além de Javé? E quem é rochedo, fora o nosso Deus?

33. Ele é o Deus que me cinge de força, e torna perfeito o meu caminho.


A Palavra de hoje nos diz que, mesmo quando somos infiéis, Deus permanece fiel. A fidelidade do Senhor é eterna, passa de geração em geração. Precisamos plantar a semente certa para colher bons frutos. Essa deve ser a nossa parte da fidelidade.

Deus não nos nega o perdão, Ele não foge de nós quando O procuramos; pelo contrário, Ele vem até nós. No momento em que a fidelidade de Deus Pai se encontra com a nossa fidelidade uma vida nova nasce. O nosso erro não opera contra o Pai, mas contra nós mesmos. O Senhor não nos abandona no momento em que erramos, mas também não erra conosco.

Imagine alguém pedir: “Senhor, me ajuda a cumprir essa vingança!” Isso é coisa para se pedir ao Pai? Deus vê de longe a maldade de um coração, mas mesmo assim não deixa a pessoa sozinha. O ser humano, quando é esperto, muitas vezes, usa essa qualidade para passar os outros para trás. Deus é esperto para salvar almas! Ele tem uma paciência sem medida.

Humildade é entender que, sem Deus, não podemos nada! Humildade é olhar para trás e ver que tudo que tentamos na vida sem a presença d’Ele não deu certo. Às vezes, o propósito é bom, mas nós queremos ser os senhores de nossas vidas e perdemos o rumo.

Viver sem Deus é como criar um leão. Tudo parece que vai bem no começo, mas, de repente, esse animal começa a ficar nervoso, feroz e nos ataca. Assim é conosco também, nos rendemos ao pecado e ele nos consome!

A motivação precisa ser frequente na nossa vida para continuarmos firmes na fé. A desmotivação rouba as nossas forças e faz com que não consigamos finalizar nenhum projeto. Quando acreditamos, já há o desafio de chegar ao final; imagine quando nós não acreditamos? Liberte seu coração do medo e da tentação! Acredite!

Repita: “Com meu Deus eu venço qualquer barreira!”. Existem pessoas que começam vários projetos, mas não têm persistência, são inconstantes. Deus está com você, Ele o ama e não o ignora. Ele está vendo a sua oração e lhe dá ânimo neste momento para que recupere suas forças.

Até mesmo um guerreiro se cansa e cai; qualquer um se cansa e cai na vida. O diferencial é não perder o foco no Pai para recomeçar. Conte com a graça de Deus e faça acontecer uma coisa de cada vez, mas faça! Amém!

Márcio Mendes
www.cancaonova.com

 
 

xm732