Enriqueça a sua fé
 
Como lidar com as perdas e os sofrimentos?
 
Leia os outros artigos
 
Para enviar esse texto automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
Leia os outros artigos
 

Todos nós devemos constantemente aprender com Deus e os fatos da vida.

O livro de Apocalipse diz: “Então o que está assentado no trono disse: ‘Eis que eu renovo todas as coisas. Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras’. Novamente me disse: ‘Está pronto! Eu sou o Alfa e o Ômega, o Começo e o Fim. A quem tem sede eu darei gratuitamente de beber da fonte da água viva. O vencedor herdará tudo isso; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho”’ (Ap 21, 5-7). Vemos que esta Palavra nos fortalece mesmo diante de toda dor, tristeza, perseguições e desolações que irão estar presente em nossas vidas. Mas, o Senhor vem nos perguntar: “O que fazemos com essas dores e perseguições?”.

O livro do Apocalipse não é um livro de catástrofes. Ele é um livro escrito para aqueles que estão nas tribulações, que acreditam na Palavra de Deus e desejam realizá-la. É um livro de esperança para quem quer ser santo e deseja perseverar e caminhar na fé.

Hoje nós estamos celebrando o dia de finados, fazemos memória daqueles que já morreram. Como eu tenho saudades das pessoas que já partiram! A saudade causa dor. Em outras línguas esta palavra tem outra forma de expressar-se, como em italiano, que significa nostalgia. Quantos de nós temos lembranças das pessoas que já se foram e guardamos no coração. Quando a lembrança é alicerçada na fé, é uma lembrança boa.

Nós não queremos morrer. E não querer morrer é normal, faz parte do nosso projeto da vida, mas viver só vai valer a pena se de fato a vida tem sentido. Por isso é importante que cada momento da nossa vida seja vivido como se fosse o último dia. Precisamos morrer para o mal e para o pecado. Morrer para as coisas que não agradam o Senhor.

A Palavra vai dizer: “E o que estava assentado sobre o trono disse: ‘Eis que faço novas todas as coisas; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis”’ (Ap 21,5). Será que nós estamos morrendo para as coisas deste mundo e vivendo para o céu? Estamos procurando ser uma criatura nova e transformada como Deus quer? Vivemos na luz? Temos buscado viver a fé e a esperança?

Eu sempre digo que a vida é um desafio, e saber vivê-la não é para qualquer um! Se você é uma pessoa de fé, você é forte e digno da graça de Deus. Você sabe aprender com as dores e os sofrimentos, e sabe ensinar para os outros a fazer um caminho diferente, pelo seu testemunho de vida.

Aqui na terra, nós somos peregrinos somente, tudo vai passar! Aqueles que entendem isso, realmente sabem viver e buscar o céu. Nós não pertencemos a este mundo, aqui nós somos experimentados por Deus e provados. Aqueles que sabem que são de Deus, conseguem perceber as provações temporárias e espirituais do caminho. E à medida que vão crescendo na luz de Deus, vão se tornando irrepreensíveis e santos.

A leitura da liturgia de ontem (Ap 7,11), fala de forma bonita daqueles que foram escolhidos e que estavam em volta do trono ajoelhados contemplando o Cordeiro. Estes que podem contemplar o Cordeiro, foram os que passaram pelas provações e lavaram suas vestes no sangue do Cordeiro. Todos nós fomos chamados a contemplar este Cordeiro. O céu é para você e aqueles que lutam, que perseveram na santidade.

Nós precisamos ter esta certeza no coração: “Eu creio no Deus que me salvou! Não sou mais um, no meio de bilhões de pessoas. Eu sou um filho do Divino Pai Eterno que me ama. O Emanuel veio a mim, na minha realidade”. Jesus Cristo aceitou as nossas injustiças e os nossos pecados. Deus exaltou Seu Filho acima de todo nome. Todas as coisas são renovadas em Jesus Cristo. Tudo é renovado e transformado pelo poder de Jesus.

Jesus ressuscitado quer que nós também ressuscitemos com Ele. Queira ser uma boa pessoa, buscar a santidade. Ser uma bênção do Divino Pai Eterno. Portanto, vamos confirmar a nossa fé e proclamar a nossa liberdade diante da graça de Deus.

Pe Robson
Divino Pai Eterno

 

 
 

xm732