Enriqueça a sua fé
 
A Deus nada é impossível
 
Leia os outros artigos
 
Para enviar esse texto automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
Leia os outros artigos
 

A fé é o dom que recebemos no batismo; ela cresce em nós a ponto de se tornar operativa, não intelectual. "Acredito que Jesus pode curar e só". Não deve ser dessa forma, mas sim: "Estou convencido do poder curador do Senhor, de que minha fé me leva a ser instrumento d'Ele". Tudo isso depende de estarmos no Espírito Santo e permanecermos n'Ele.

Se eu pegar um copo e nele colocar água, um pouco de azeite, uma rolha e um pavio, farei uma lamparina de azeite. Por sua vez, se eu pegar só o pavio e puser fogo nele, em poucos segundos o pavio se consumirá. Contudo, se eu o deixar embebido no azeite e acendê-lo, ele ficará horas iluminando. Enquanto ele estiver embebido no azeite, produzirá luz e calor. Com cada um de nós ocorre o mesmo, tudo depende de permanecermos "embebidos" no Espírito. Ele, que possui todos os dons, manifesta-se em nós conforme a nossa necessidade.

"Quando voltaram para junto da multidão, alguém aproximou-se de Jesus, caiu de joelhos e disse: 'Senhor, tem piedade do meu filho. Ele tem crises de epilepsia e passa mal. Muitas vezes cai no fogo ou na água. Levei-o aos teus discípulos, mas eles não conseguiram curá-lo!' Jesus tomou a palavra: 'Raça incrédula e perversa, até quando estarei convosco? Até quando hei de aturar-vos? Trazei aqui o menino'. Jesus ameaçou o demônio e este saiu do menino, que ficou curado na mesma hora. Então os discípulos lhe perguntaram em particular: 'Por que não pudemos nós expulsar este demônio?'. Jesus respondeu-lhes: 'Por causa de vossa falta de fé. Em verdade vos digo: se tiverdes fé, como um grão de mostarda, direis a esta montanha: Transporta-te daqui para lá, e ela irá; e nada vos será impossível'" (Mt 17,14-20).

Segue-se, então, a parte mais importante do Evangelho, no versículo 19: "Então, os discípulos aproximaram-se de Jesus e lhe perguntaram em particular: 'Por que nós não conseguimos expulsar o demônio?' Ele respondeu: 'Por causa da fraqueza de vossa fé!'" (Mt 17, 19b-20a).

Que é isso! Então, os apóstolos não tinha fé? Respondemos: "Claro que tinham!". Eles acreditavam em Jesus, que Ele era o Filho de Deus. Acreditavam que Jesus curava e expulsava demônios. Os discípulos acreditavam que o poder de Deus estava em Cristo. Prova disso é que foram à frente d'Ele, de aldeia em aldeia, de cidade em cidade, pregando, curando e vendo curas acontecerem.

Eles viram! Portanto, acreditaram. Porém, diante daquela situação, diante do menino naquele estado, não acreditaram. Eles se julgaram muito pequenos para aquilo, mas Jesus foi claro: "Por causa da fraqueza de vossa fé".

O Senhor continua: "Em verdade vos digo: se tiverdes fé do tamanho de um grão de mostarda, direis a esta montanha: 'Vai daqui para lá', e ela irá. Nada vos será impossível" (Mt 17,20b). Jesus nem exige uma grande fé, da altura de uma montanha. Basta que a tenhamos do tamanho de um grão de mostarda e nos valhamos dela.

Podemos rezar assim: "Vem, Espírito Santo! Sei que o Teu amor já foi derramado sobre mim, mas, hoje, reinflama o carisma de Deus que está em mim. Quero usar o carisma do Senhor de acordo com a minha fé. Amém!".

Artigo extraído do livro 'Aspirais os dons espirituais', de monsenhor Jonas Abib.
www.cancaonova.com

 
 

xm732