Enriqueça a sua fé
 
Sopra em nós o Teu querer, Senhor
 
Leia os outros artigos
 
Para enviar esse texto automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
Leia os outros artigos
 

A Palavra meditada, hoje, está em São João 3,1-15:

1. Havia alguém dentre os fariseus, chamado Nicodemos, um dos chefes dos judeus.
2. À noite, ele foi se encontrar com Jesus e lhe disse: "Rabi, sabemos que vieste como mestre da parte de Deus, pois ninguém é capaz de fazer os sinais que tu fazes, se Deus não está com ele".
3. Jesus respondeu: "Em verdade, em verdade, te digo: se alguém não nascer do alto, não poderá ver o Reino de Deus!"
4. Nicodemos perguntou: "Como pode alguém nascer, se já é velho? Ele poderá entrar uma segunda vez no ventre de sua mãe para nascer?"
5. Jesus respondeu: "Em verdade, em verdade, te digo: se alguém não nascer da água e do Espírito, não poderá entrar no Reino de Deus.
6. O que nasceu da carne é carne; o que nasceu do Espírito é espírito.
7. Não te admires do que eu te disse: É necessário para vós nascer do alto.
8. O vento sopra onde quer e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim é também todo aquele que nasceu do Espírito".
9. Nicodemos, então, perguntou: "Como pode isso acontecer?"
10. Jesus respondeu: "Tu és o mestre de Israel e não conheces estas coisas?
11. Em verdade, em verdade, te digo: nós falamos do que conhecemos e damos testemunho do que vimos, mas vós não aceitais o nosso testemunho.
12. Se não acreditais quando vos falo das coisas da terra, como ireis crer quando eu vos falar das coisas do céu?
13. Ninguém subiu ao céu senão aquele que desceu do céu: o Filho do Homem.
14. Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim também será levantado o Filho do Homem,
15. a fim de que todo o que nele crer tenha vida eterna".


Jesus nos diz que quem não nascer do alto não poderá ver o Reino de Deus. Bendito seja Deus por esta Palavra, pois ela nos mostra o caminho para uma nova vida. Algumas vezes, temos a impressão de que falta algo em nossa vida, uma sensação de um vazio imenso. Quantas vezes estamos descontentes com a nossa vida e é necessário nascer de novo. O homem e a mulher nascem de novo quando o coração deles se abre para ser conduzido pelo Espírito Santo de Deus.

Nós precisamos ser conduzidos pelo Espírito Santo. Nossos relacionamentos precisam ser guiados pelo Santo Espírito. O que é viver? Viver é estar em Deus e com Deus. É estarmos dispostos a viver Seu querer, é conviver com as pessoas que Ele coloca ao nosso lado. Almejemos viver com Deus e conviver com nossos irmãos.

Jesus falou muitas vezes que é fundamental sermos conduzidos pelo querer de Seu Pai. E diversas vezes comparou o Reino dos Céus com a agricultura, indicando como plantar e o que colher, e chamou pescadores para ajudá-Lo na missão. Ele os chamou [pescadores] pela maneira diferente de trabalharem. O agricultor, desde cedo, se empenha em seu trabalho, que é rotineiro, e recorre sempre aos mesmos caminhos e às mesmas trilhas. No mar não existem caminhos ou trilhas, as ondas nunca serão as mesmas, o vento sopra sempre de modo diferente e é preciso inventar um caminho novo. Vejam o ensinamento que Jesus nos dá com isso: conviver com as pessoas é semelhante ao mar, porque lidamos constantemente com o imprevisto e o desafio.

Para conquistar o coração das pessoas não existe um caminho "pré-fabricado". A vida se assemelha muito à grande pescaria. Como é bom encontrar alguém que é diferente por ser original! Para fazer a diferença na vida das pessoas é preciso perguntar a Jesus por onde sopra o vento e quais caminhos devemos seguir.

Para alcançar o coração das pessoas precisamos pedir a orientação de Deus. Ele é o guia em nossos relacionamentos. Até mesmo nos maus relacionamentos Ele nos guia e nos dá a sabedoria para atravessarmos esses contratempos. E sempre que quisermos agir por nossas próprias regras e não deixarmos o Espírito Santo soprar as velas do barco da nossa vida, surgirá algum problema. O homem de Deus não reclama por onde é conduzido, mas abandona-se à vontade do Pai.

Muitas vezes, pedimos a Deus que conduza nossa vida, mas queremos ditar as regras, ordenando-Lhe aonde Ele deve pedir que o Espírito nos conduza. O segredo é confiar em Deus e permitir que Ele sopre com Seu vento sobre todas as áreas do nosso ser. Não há nada mais saudável do que abrir as janelas da alma e deixar soprar o vento do Espírito Santo.

Quando vivemos numa rotina não damos espaço para as surpresas de Deus. Deixemos que o Espírito Santo nos surpreenda para não cairmos no marasmo. Algumas surpresas são destrutivas, mas as surpresas de Deus sempre são boas. Para viver uma vida em abundância e relacionamentos alegres precisamos abrir as velas do coração para o vento do Espírito Santo.

Deixar Deus nos conduzir é nos abrir à novidade d'Ele a cada dia. Os caminhos pelos quais o Senhor nos leva sempre são sempre bons. É preciso coragem para nos abandonar em Suas mãos e permitir que Ele nos conduza pelos caminhos do Seu coração.

Que o Senhor nos conduza no horizonte do perdão, da humildade e do amor! Não somos o centro do mundo, precisamos dividir nosso espaço e vida com os outros. Não tenhamos medo de ir com Deus aos caminhos da humildade. É melhor ganhar na discussão e perder a quem amamos ou fazer o contrário? Quando amamos, devemos ceder o espaço e o coração ao outro.

Dispostos a amar e perdoar, adentremos no mar da vida que nos espera e deixemos Deus nos conduzir. Para projetar um futuro diferente e melhor, o critério indispensável é permanecermos abertos para as mudanças do Espírito Santo. Passo a passo, com Deus caminharemos sempre felizes.


Márcio Mendes
Missionário da Comunidade Canção Nova

 
 

xm732