Enriqueça a sua fé
 
Com quem devemos nos aconselhar?
 
Leia os outros artigos
 
Para enviar esse texto automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
Leia os outros artigos
 

A Palavra meditada hoje está em Eclesiástico 37,7-19:

07. Não te aconselhes com quem te arma ciladas, e dos que te invejam esconde teu plano.
08. Todo conselheiro apresenta o seu conselho, mas há conselheiros que visam o próprio interesse.
09. Guarda-te de recorrer a qualquer conselheiro e informa-te primeiro do que ele precisa – pois ele tem seus próprios interesses.
10. Se não, ele vai lançar a sorte a teu respeito e dizer: "O teu caminho é bom!",
11. ao mesmo tempo que se coloca do outro lado, para ver o que te acontece.
12. Não te aconselhes com o invejoso, e de quem tem ciúme de ti esconde os planos. Não te aconselhes com uma mulher a respeito de sua rival, nem com um medroso, sobre a guerra; nem com o comerciante, sobre um negócio, nem com o comprador, sobre uma venda; nem com o invejoso, sobre um agradecimento,
13. nem com o ímpio, sobre a piedade; nem com o desonesto, sobre a honestidade, nem com o operário preguiçoso, sobre um trabalho;
14. nem com o assalariado por ano, sobre o término da tarefa nem com o servo preguiçoso, sobre muito trabalho: a nenhum desses deves procurar, para conselho algum.
15. Ao contrário, freqüenta quem é temente a Deus, todo aquele que souberes que observa os mandamentos,
16. cujo ânimo é semelhante ao teu e que, quando titubeares nas trevas, sofrerá contigo.
17. E não duvides do que te aconselha o coração, pois não tens ninguém mais fiel a ti do que ele.
18. De fato, o ânimo do homem intui às vezes melhor as coisas do que sete sentinelas postadas no alto para vigiar.
19. Em todas estas coisas suplica ao Altíssimo para que dirija teu caminho na verdade.



Busquemos andar com pessoas que levem uma vida temente a Deus. Procuremos conviver com pessoas que se deixem ser guiadas pelo amor, pela justiça e pela santidade; que se animem pelas mesmas razões que nos animam. Na hora da fraqueza, ao vacilarmos, elas ficarão ao nosso lado e não contra nós.

Ao buscarmos um amigo fiel não podemos duvidar do que o Senhor coloca em nosso coração. Não há conselheiro maior que o Espírito Santo dentro de nós. A tentação quer desorientar as pessoas, pois o inimigo de Deus é mentiroso e quer nos seduzir.

Quantas vezes queremos que as mentiras sejam verdades. Não podemos dar ouvidos à tentação! Há pessoas que nos aconselham, porém, só visam o próprio interesse ao fazer isso. Devemos tomar cuidado com quem procuramos nos aconselhar. É bom encontrar pessoas que nos edifiquem para que a troca de experiências seja benéfica.

Ao procurarmos a pessoa errada, ela seguramente vai nos confirmar no caminho errado. A Palavra de Deus nos alerta sobre a necessidade de não cairmos em conselhos maus: "Não te aconselhes com o invejoso, e de quem tem ciúme de ti esconde os planos. Não te aconselhes com uma mulher a respeito de sua rival, nem com um medroso, sobre a guerra; nem com o comerciante, sobre um negócio, nem com o comprador, sobre uma venda; nem com o invejoso, sobre um agradecimento [...]". E segue fazendo uma lista do que pode ser a ruína de nossos projetos.

A tentação fecha os nossos ouvidos para o bom caminho de Deus. Temos resistência em ouvir conselhos dos nossos pais e agimos com aspereza a cada conselho dado. Feliz é aquele que tem um pai com quem possa se aconselhar, porque um dia nossos pais vão partir e não estarão mais à nossa disposição.

Infelizmente, costumamos dar ouvidos a pessoas erradas, muitas vezes preferimos ouvir um companheiro de bar a dar ouvidos a nossos pais. Deus ama a todos. Os que nos dão bons conselhos e os que nos dão maus conselhos. Mesmo amando a quem está errado, o Senhor nos alerta sobre esses maus conselheiros.

A Palavra nos propõe que, em vez de darmos ouvidos ao que não presta, busquemos ouvir a quem está no caminho do Senhor. Pode ser que o que vamos ouvir dessa pessoa não seja o que necessariamente quereríamos, mas será essa verdade que vai nos libertar, nos curar e nos transformar. A verdade liberta, e a mentira nos leva à morte.

A intenção do mal é nos destruir. Aconselhar-se com quem não devemos faz com que percamos a confiança nas pessoas. Quantos sonhos roubados, vidas sem sentido e sem alegria há por essa razão. O inimigo usa da mentira para nos desiludir e nos roubar do caminho do Senhor. A tentação não nos visita para nos fazer o bem, mas sim para nos destruir. A mentira nos faz desperdiçar um tempo precioso, porque nos prendemos a fantasias e a ilusões e deixamos de seguir os impulsos que Deus nos dá. Desse modo perdemos a chance de curar o nosso coração e de ser felizes.

Evitemos ir ao encontro daqueles que conhecem nossas fraquezas, que nos instruem ao erro. Quantos rapazes sentem falta de um pai presente dentro de casa, que os aconselhe, que lhes mostre o caminho certo a seguir. Tomemos cuidado com o que ouvimos e de o quem ouvimos, porque muitos querem se aproximar de nós para nos prejudicar e por seu próprio interesse.

Quer se aconselhar com alguém? Busque alguém temente a Deus, ele seguramente não vai lhe dar conselhos maus. A grande artimanha do demônio é nos fazer desacreditar de Deus.

Que nesta manhã abramos nossos ouvidos para a escuta do Senhor. Peçamos a Deus que nos conduza aos caminhos da verdade.


Márcio Mendes - Canção Nova
www.cancanova.com

 
 

xm732