Enriqueça a sua fé
 
Os anjos e a providência divina
 
Leia os outros artigos
 
Para enviar esse texto automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
Leia os outros artigos
 

Estamos numa época em que as pessoas falam muito de anjos; há nas livrarias muitos livros que falam deles como nossos companheiros, personagens para fazer os nossos caprichos. Mas não é essa a visão que nós cristãos temos dos anjos.

Todas as vezes que os anjos aparecem nas Sagradas Escrituras, podemos até pensar neles como um bebê com uma carinha gordinha, mas quando se apresentam a nós, eles avisam: "Não tenham medo". O anjo Gabriel apresentou-se a Nossa Senhora e lhe disse: "Não temas". Eles se apresentam a nós cheios de luz e de glórias; e as pessoas têm medo até de morrer diante dessa presença divina. Os anjos são o reflexo da glória de Deus! Eles nos ajudam a viver a vontade do Senhor, que é sempre desafiadora.

Gostaria de lhes contar sobre o livro de Tobias, que, na verdade, é uma grande catequese dos anjos, de como eles aparecem em nossa vida.

O livro de Tobias tem início com o pai dele, Tobit, um homem temente que levava o Evangelho de Deus às pessoas e, muitas vezes, corria o risco de perder a vida para sepultar os mortos. Um dia, Tobit chegou em casa para descansar. Nessa hora, um pássaro deixou um excremento cair em seu olho, deixando-o cego. Para piorar a situação, sua esposa, além de não o apoiar, perguntava onde estavam suas obras de caridade, dizia que Deus o havia abandonado. Tobit rezava e pedia ao Senhor que intercedesse por ele.

Em outro lugar, um outro drama. Uma jovem chamada Sara havia se casado sete vezes, mas seus sete esposos morreram na noite de núpcias.

A pedido de seu pai, Tobias viajou para uma terra distante em busca de um dinheiro que precisava receber. No caminho, o anjo Rafael se aproximou dele e passou a acompanhá-lo. Devido à intervenção desse anjo, Sara e Tobias se casaram e a maldição da moça se quebrou. Tobias levou o dinheiro para seu pai e este ficou curado de sua cegueira.

Se algum anjo lhe fez um bem, dê glórias a Deus. Os anjos nos ajudam o tempo todo; eles são uma providência viva para Deus acontecer no meio de nós! Durante toda a história de Tobias, o anjo estava ao lado dele.

O primeiro exame de consciência que precisamos fazer é: "Temos consciência de que todos os nossos sonhos são mandados a Deus pelos anjos?". Quando rezamos, mesmo sem nos dar conta, os anjos se apresentam em nossas orações. Eles descem e sobem para Deus, e as graças do Senhor são trazidas a nós por eles.

Se você está passando por dificuldades, converta-se, mude de vida e se confesse. O amor do Pai nos prova, pois a provação existe. Mas por que Deus permite as provações? Porque Ele nos ama!

É necessário que saibamos crescer no amor de Deus. Nós O amamos e por isso Ele permite as provações em nossa vida. Tudo contribui para o bem daqueles que amam a Deus! Mas se você não está na graça d'Ele, já não posso dizer que tudo vai contribuir, pois, quando você está no pecado, contribui para que o demônio habite em você. Se você é amigo do Senhor, você está sempre na graça e tudo vai contribuir para o seu bem. Mas se você não está na graça, está no domínio do inimigo.

Deus cuida daqueles que estão fora da graça, Ele cuida dos pecadores, mas nem tudo contribui para a vida deles. Deus é injusto? Não! É o pecador que não está deixando que Ele tome conta de sua vida; então, a providência de vida para os pecadores é genérica. Agora, a providência para aqueles que creem em Deus é uma bênção, porque estes são colírio para os olhos do Senhor.

Então o anjo falou a Tobias: "Você não se lembra de que seu pai lhe disse para você se casar com uma mulher da sua família? Pois preste atenção, meu irmão: não se preocupe com o demônio, e se case com ela. Eu tenho certeza de que esta noite ela vai ser dada a você em casamento. Quando você for para o quarto nupcial, pegue o fígado e o coração daquele peixe e coloque-os no queimador de incenso. Quando a fumaça começar a subir e o demônio sentir o cheiro, ele fugirá e nunca mais aparecerá perto dela. (Tobias 6, 16-17).

O demônio tem poder sobre nós, mas Deus nos deseja o céu, por isso nos deu o Seu Sangue. Se você está em pecado, Deus quer amá-lo. Então, tome a sua cruz, dia após dia, e não faça caprichos. Todos nós precisamos renunciar a nós mesmos. Não interessa como está o nosso interior, todos temos de fazer a vontade de Deus.

Quando rezamos, os anjos recebem a liberação de Deus para agir em nossa vida. Eles não nos violentam, não invadem a nossa vida, mas esperam com docilidade nossa permissão para agir em nós. Os anjos podem nos influenciar nos dando desejos, ideias, criatividade – tanto os anjos bons como os ruins. O anjo do Senhor vem acampar ao redor daqueles que O temem. Somos cuidados por eles.

Reze para o seu anjo, viva e espere na graça. Agradeça ao Senhor por tudo! Quem nos separará de Deus? Nem a morte, nem a dor, nem a nudez, nem a doença, nada pode nos separar d'Ele. Tudo contribui para o bem daqueles que creem em Deus!

Padre Paulo Ricardo
Sacerdote da Arquidiocese de Cuiabá (MT)

 
 

xm732