Enriqueça a sua fé
 
Perdão: porta aberta para a bênção
 
Leia os outros artigos
 
Para enviar esse texto automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
Leia os outros artigos
 

Bênção. Eu sei que você a procura! Sei que dela você precisa. Eu também! Agora, conte para mim: você sabe que existe uma porta pela qual você precisa passar para chegar até essa bênção? Essa porta se chama PERDÃO! A bênção já lhe está reservada. Já existe! A porta também está aí; mas está fechada. E então? Você vai abri-la ou não?

Entenda bem: coração aberto para o perdão é porta aberta para bênção! Essa bênção pode ter mil nomes: pode ser a saúde que você almeja, a paz interior pela qual luta, a restauração do seu casamento, o equilíbrio financeiro, a libertação de um vício, a quebra de uma maldição, entre outros.

Sem perdão, a bênção fica do outro lado da porta. Sem perdão, há uma porta bem fechada e emperrada entre você e a bênção. É exatamente essa a visão que o Senhor me dá, enquanto lhe escrevo, meu irmão e minha irmã. Por favor, tenha a coragem de se abrir ao perdão, e a porta da bênção lhe será aberta. Tire a mão da mágoa, do ódio, do desejo de vingança, coloque-a na maçaneta do perdão e abra a porta!

Quanta gente batendo em portas erradas! E há irmãos que estão batendo na porta certa, mas de maneira errada. Se o Senhor disse: "Pedi e recebereis; buscai e achareis; batei e a porta vos será aberta" (Mt 7,7), por que será que tantos pedem e não recebem a graça? Buscam e não a acham? Já entendi: ou estão batendo na porta errada ou estão batendo errado na porta certa.

Está no Catecismo da nossa amada Igreja: "O perdão inaugura a cura" (CIC n. 1520). O perdão abre portas! Sem ele, não se conquista bênção alguma! Quer saber de uma coisa? O perdão pode abrir portas que estão fechadas há anos, há décadas, portas que estão fechadas uma vida inteira.

Quer mais? O perdão abre portas onde nem portas nem paredes existem! Digo isso por experiência própria. O que já vi de portas sendo abertas na minha vida, na minha saúde, no meu ministério, na minha família e comunidade e na vida do povo de Deus após o perdão dado de coração! São testemunhos e mais testemunhos. É bênção sobre bênção. Glória a Deus!

Quem ama, perdoa! Quem se ama, perdoa! E a melhor maneira de eu perdoar a quem me feriu é rezando por essa pessoa (oferecendo-lhe Santas Missas, comunhões, terços, etc). Quando eu rezo por quem me magoou, me maltratou, me ofendeu, ou machucou aos meus, eu ganho paz interior (ganho, portanto, saúde e tenho portas abertas!); e a pessoa por quem estou orando ganha "juízo", conversão. Desse modo tanto eu como ela somos abençoados.

"Mas, padre, a pessoa nos machuca e, depois, eu ainda tenho que rezar por ela?". Sim! Quem nos machuca, quem nos fere, é digno de estar na nossa lista de oração. Caso contrário, ficamos reféns do agressor, e as portas para uma vida abundante permanecem fechadas.

Perdoar é receita de saúde. Falta de perdão é atraso de vida e porta fechada para a bênção. A pessoa que não perdoa tem a vida amarrada, as portas lhe ficam emperradas e trancafiadas. Nada dá certo para ela. Em nada prospera. Ela não consegue estar nas mãos de Deus e receber Seus benefícios e Suas bênçãos. A quem não perdoa, a unção de Deus passa longe.

Padre Márlon Múcio
Fundador da Comunidade Missão Sede Santos (Taubaté-SP)

 
 

xm732