Enriqueça a sua fé
 
Jesus não desiste de nós
 
Leia os outros artigos
 
Para enviar esse texto automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
Leia os outros artigos
 

A Palavra meditada, hoje, está em São João 21,1-19:

1. Depois disso, Jesus apareceu de novo aos discípulos, à beira do mar de Tiberíades. A aparição foi assim:
2. Estavam juntos Simão Pedro, Tomé, chamado Gêmeo, Natanael, de Caná da Galiléia, os filhos de Zebedeu e outros dois discípulos dele.
3. Simão Pedro disse a eles: "Eu vou pescar". Eles disseram: "Nós vamos contigo". Saíram, entraram no barco, mas não pescaram nada naquela noite.
4. Já de manhã, Jesus estava aí na praia, mas os discípulos não sabiam que era Jesus.
5. Ele perguntou: "Filhinhos, tendes alguma coisa para comer?" Responderam: "Não".
6. Ele lhes disse: "Lançai a rede à direita do barco e achareis". Eles lançaram a rede e não conseguiam puxá-la para fora, por causa da quantidade de peixes.
7. Então, o discípulo que Jesus mais amava disse a Pedro: "É o Senhor!" Simão Pedro, ouvindo dizer que era o Senhor, vestiu e arregaçou a túnica (pois estava nu) e lançou-se ao mar.
8. Os outros discípulos vieram com o barco, arrastando as redes com os peixes. Na realidade, não estavam longe da terra, mas somente uns cem metros.
9. Quando chegaram à terra, viram umas brasas preparadas, com peixe em cima e pão.
10. Jesus disse-lhes: "Trazei alguns dos peixes que apanhastes".
11. Então, Simão Pedro subiu e arrastou a rede para terra. Estava cheia de cento e cinqüenta e três grandes peixes; e apesar de tantos peixes, a rede não se rasgou.
12. Jesus disse-lhes: "Vinde comer". Nenhum dos discípulos se atrevia a perguntar quem era ele, pois sabiam que era o Senhor.
13. Jesus aproximou-se, tomou o pão e deu a eles. E fez a mesma coisa com o peixe.
14. Esta foi a terceira vez que Jesus, ressuscitado dos mortos, apareceu aos discípulos.
15. Depois de comerem, Jesus perguntou a Simão Pedro: "Simão, filho de João, tu me amas mais do que estes?" Pedro respondeu: "Sim, Senhor, tu sabes que te amo". Jesus lhe disse: "Cuida dos meus cordeiros".
16. E disse-lhe, pela segunda vez: "Simão, filho de João, tu me amas?". Pedro respondeu: "Sim, Senhor, tu sabes que te amo". Jesus lhe disse: "Apascenta minhas ovelhas".
17. Pela terceira vez, perguntou a Pedro: "Simão, filho de João, tu me amas?" Pedro ficou triste, porque lhe perguntou pela terceira vez se o amava. E respondeu: "Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que te amo". Jesus disse-lhe: "Cuida das minhas ovelhas.
18. Em verdade, em verdade, te digo: quando eras jovem, tu mesmo amarravas teu cinto e andavas por onde querias; quando, porém, fores velho, estenderás as mãos, e outro te amarrará pela cintura e te levará para onde não queres ir".
19. Disse isso para dar a entender com que morte Pedro iria glorificar a Deus. E acrescentou: "Segue-me".


Jesus apareceu novamente aos discípulos no lago de Tiberíades, lugar que Ele sempre frequentava. Às margens desse lago, aconteceram vários milagres. Jesus, que foi ao encontro dos discípulos, no mar da Galileia, é o Ressuscitado!

A autoridade de Simão Pedro é perceptível quando ele diz: "Vou pescar". Os discípulos vão com ele. Claramente, vê-se o significado da unidade, de estar junto.

Os discípulos entraram no barco, porém não pescam nada a noite toda. A noite bíblica significa treva, e treva significa ausência de Deus. Isso quer dizer que os discípulos foram pescar sem Deus. O mesmo acontece também conosco. Muitas vezes, só porque cantamos, pregamos e oramos, pensamos que podemos seguir sem Jesus. Mas quando não O levamos na nossa vida profissional, familiar e afetiva, somos fadados ao fracasso. Temos de pedir a ajuda de Deus quando estamos impotentes, quando temos medo de fazer algo errado. Não podemos confiar em nós mesmos, mas no Senhor. O nosso relacionamento com Deus é simples, pois o louvor surge de um coração agradecido. Não sejamos apenas pedintes, mas agradecidos a Deus.

Pedro foi pescar, porque era experiente naquilo que fazia, mas o fez sem Cristo. De manhã, viram Jesus, viram a Luz. A noite é o momento em que as pessoas não estão com Deus, por isso, ao entardecer, o inimigo vem nos tentar. As trevas são interiores, mas muitas pessoas vivem na escuridão mesmo durante o dia! Peça para Jesus entrar na sua vida. Uma vela, para iluminar, precisa ser colocada bem perto do objeto que precisamos enxergar. Por essa razão, temos de trazer a luz para perto de nós.

Temos de trazer Deus para o nosso dia a dia, para os nossos afazeres. Temos de ir ao encontro de Jesus na capela, buscá-Lo na Palavra e na oração. Muitas pessoas não têm buscado Deus, mas sim se encontrado com Ele. Quando nos encontramos com o Senhor, isso acontece somente num momento, mas passa. Agarremos Jesus. Não O soltemos. Levemos o Senhor conosco.

Quando encontramos Jesus, não podemos ir embora sem Ele. Se estivermos perto de Cristo, nos conheceremos e reconheceremos nossas limitações.

Jesus pergunta aos discípulos: "Filhinhos, tendes alguma coisa para comer?". Ele sabia que aqueles pescadores não tinham pescado nada. O Senhor tocou na ferida deles. Logo após, deu-lhes a ordem: "Lançai a rede do outro lado". A pesca só aconteceu pela obediência. Sem ela a Palavra de Deus não acontece. Jesus pede para você: "Lance a rede".

Na obediência, nossos olhos se abrem à cegueira espiritual. Ao levar Jesus conosco, devemos anunciá-Lo. Quantos precisam encontrar o Cristo! Apresente-O à sua casa, fale d'Ele para aqueles que estão nas drogas e para tantos outros que precisam se encontrar com o Senhor.

Pedro estava nu, porque perdeu sua dignidade quando negou Jesus por três vezes. Se nossa dignidade de marido, de esposa, pai e mãe estiver perdida, coloquemos novamente nossa roupa, olhemos para Deus e recomecemos nossa vida. Não existe pecado sem perdão. A misericórdia de Deus é infinita. Lancemo-nos no mar da Igreja, no mar do Espírito Santo e deixemos Deus nos lavar por inteiro.

Pedro, quando nadou até a margem, deixou que a água o lavasse. Nós também temos de recomeçar. Confessemos nossos pecados, abramos nosso coração para o perdão. Ele não nos condena, mas nos acolhe. Voltemos pra Deus. Pedro, depois de negar Jesus, voltou à vida velha. Mas Jesus foi buscar Pedro e os outros discípulos.

Hoje, Ele também está indo ao seu encontro, seja na sua casa, no seu trabalho, até mesmo fora do país. O Senhor vai buscar você. Deixe a Luz entrar na sua vida! Jesus não abre a mão de você e não desiste de trazê-lo de volta. Saia do barco da vida velha e lance-se no mar da misericórdia de Deus. Ele o espera, na margem, de braços abertos. Ele o ama do jeito que você se encontra.

Não desista de nós, Senhor!


Padre Arlon Cristian
Sacerdote da Comunidade Canção Nova.

 
 

xm732