Enriqueça a sua fé
 
A importância da gratidão
 
Leia os outros artigos
 
Para enviar esse texto automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
Leia os outros artigos
 

Os seres humanos são pessoas singulares. Em nossa cultura de hoje, com suas pressas, demandas de imediatismo, e as tensões e ansiedades que estas geram em nós, muitas pessoas são propensas a reclamar quando algo não dá certo, especialmente quando não lhes prestam um bom serviço ou suas demandas não são cumpridas no tempo esperado.
 
Estas mesmas atitudes costumam ser levadas ao âmbito espiritual, e acabamos vivendo nossa relação com DNeus com expectativas irreais de que Ele teria de nos dar as coisas, mudanças e soluções que desejamos, no momento e da maneira que queremos.
 
Esta atitude nos leva a viver constantemente pedindo coisas a Deus e reclamando, algo que não só aumenta nossa angústia, senão que ofusca nossa percepção de todas as coisas maravilhosas com que Deus nos abençoa a cada dia.
 
Viver dessa maneira nos leva, muitas vezes, sem percebermos, a seringratos com Deus na cotidianidade e, por isso, muitas vezes, deixamos de receber as graças que Deus promete àqueles que, com coração sincero, manifestam sua alegria nas bênçãos recebidas, expressando abertamente seu agradecimento a Deus.
 
A Palavra de Deus nos fala claramente disso na Carta aos Tessalonicenses (5, 8), na passagem em que Paulo pede que agradeçamos a Deus em tudo, “porque esta é a vontade de Deus para vós em Cristo Jesus”.
 
Nosso Senhor Jesus também destacou o exemplo do único, entre dez leprosos, que voltou para agradecer pela sua cura, e até lhe perguntou o que tinha acontecido com os outros nove. Mas aquele que dedicou um tempo a agradecer recebeu de Jesus a graça do seu toque e do seu amor que cura (Lc 17, 11-19). Da mesma maneira, sua Palavra nos recorda que Ele não despreza um coração agradecido.
 
Ser agradecidos é uma virtude que nos ajuda também a manter uma atitude mais positiva em nossa vida cotidiana, além de manter o bom humor e a paciência necessários para chegar a ter relacionamentos mais saudáveis e felizes.
 
Não foi por acaso que o Senhor nos convidou a ser agradecidos. Ele, que nos criou (e, por isso, nos conhece melhor que ninguém), sabe que sergratos nos faz bem. Em última instância, Ele quer que sejamos felizes.
 
Por isso, vale a pena fazer do agradecimento parte da nossa vida pessoal, conjugal, familiar e social. Agradecer pela vida, pelo cônjuge, pelos filhos, pela saúde, pelo emprego, pela beleza da criação ao nosso redor, pelo olhar terno das mães, e até pelas provas e dificuldades que enfrentamos, pois elas nos ajudam a ser pessoas melhores.
 
Mostre para as outras pessoas a virtude da gratidão e convide-as a agradecer junto a você. Ser agradecidos também é uma graça de Deus!

 
 

xm732