Semana Santa
 
Semana Santa está próxima
 
Leia os outros artigos
 

Novamente nos aproximamos da principal semana do ano, a única que tem o adjetivo de santa e na qual revivemos os principais mistérios de nossa fé: paixão, morte e ressurreição de Jesus, o Filho de Deus que veio a este mundo, nascendo da Virgem Maria. A Semana Santa constitui-se em um grande retiro anual. A liturgia da Semana Santa apresenta muitos temas que nos ajudam a crescer espiritualmente.

Iniciamos a Semana Santa com o Domingo de Ramos, quando repetimos os gestos dos habitantes de Jerusalém que saúdam Jesus como o Messias, como Aquele que vem em nome do Senhor Onipotente. Os filhos dos hebreus estendem a Jesus tapetes, ostentam ramos de oliveira nas mãos e aclamam Jesus como Rei e Senhor, recordando-nos que todos estamos a caminho da casa do Pai.

Na Quinta-feira festejamos a instituição da Eucaristia, do Sacerdócio e do Mandamento do Amor. Na Eucaristia Jesus transforma o pão e o vinho em seu corpo e seu sangue. A instituição do sacerdócio católico acontece quando Jesus diz aos Apóstolos que façam isso em memória dele. O mandamento do amor, deixado por Jesus como herança, ensina a lavarmos os pés uns dos outros, como Ele, nosso Senhor e Mestre o fez.

Na Sexta-feira celebramos a paixão e morte de Jesus. Durante sua vida terrena, Jesus só fez o bem, ajudando as pessoas, mas é injustamente condenado, torturado e morto em uma cruz. No Sermão das Sete Palavras recordamos as últimas palavras de Jesus durante sua agonia. A cruz de sinal de condenação torna-se sinal de libertação. A Via-Sacra recorda a caminhada de Jesus rumo ao Calvário.

No Sábado Santo temos as bênçãos do fogo novo e do Círio Pascal, símbolo do Cristo ressuscitado. As leituras bíblicas recordam a história da Salvação. O canto solene do Glória mostra-nos a exaltação do ressuscitado: Jesus vence a morte e não morre mais. Também abençoamos a água, que é aspergida nos participantes como sinal da bênção divina e a água do batismo que usaremos para os batizados.

O Domingo da Páscoa é o dia mais importante e solene do ano litúrgico. Na madrugada do domingo, Jesus ressuscita e aparece aos discípulos. Sua ressurreição é garantia da nossa ressurreição. A alegria e a esperança da ressurreição devem acompanhar-nos durante todo o ano. Em nossas comunidades, participemos ativamente das celebrações da Semana Santa. É o encontro da comunidade com Jesus vivo que quer atuar em nossas vidas.

Desde já, feliz Páscoa a todos e a cada um dos nossos leitores!

Pe. Antônio Carlos D'Elboux
Reitor do Santuário Nossa Senhora dos Prazeres em Piracicaba



 
 
xm732