Sagrado Coração de Jesus
 
Devoção ao Coração do Cristo
 
Leia os outros artigos
 

Os antigos e o atual Pontífice frequentemente nos lembram sobre a devoção ao Coração do Cristo, que tem um sólido fundamento nas Sagradas Escrituras. Jesus, apresenta-se a si mesmo como o mestre "manso e humilde de Coração" (Mt 11,29).

Essa devoção ao Sagrado Coração de Jesus nada mais é que a tradução em termos culturais dos relatos das profecias que falam sobre as gerações cristãs que voltariam para aquele que foi transpassado pela lança, que jorrou água e sangue. Água sinal de Purificação e o Sangue a Redenção.

Essa é a entrada acessível pela qual nós, povo de Deus, pecadores como somos, podemos entrar.

Cristo é a porta aberta, que não podemos ignorar, pois através dela temos a Redenção.

Existem numerosas formas de devoção ao Coração de Jesus, que são recomendadas pela Sé Apostólica: a Consagração pessoal, que segundo Pio XI, "entre todas as práticas do culto ao Sagrado Coração é sem dúvida a principal";

01. a Consagração da Família;

02. as Ladainhas do Sagrado Coração de Jesus;

03. o Ato de Oferecimento;

04. a prática das Nove Primeiras Sextas-feiras de cada mês;

05. o valor absoluto da Celebração Eucarística Dominical.

Na sexta-feira seguinte ao segundo domingo de Pentecostes, a Igreja celebra a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, todas as Paróquias comemoram esta devoção fazendo Missas e Procissões.

Não podemos nos esquecer que no dia seguinte à Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, a Igreja celebra a Memória do Coração Imaculado de Maria.

A proximidade das duas celebrações nos lembra o estreito vínculo do Coração de Jesus com o Coração de sua e nossa Mãe Maria Santíssima.

Fonte: Paroquia Imaculada Conceicao



 
 
xm732