Advento
 
Preparando-nos para o Natal do Senhor
 
Leia os outros artigos
 

Com o Advento, a Igreja inicia o novo ano litúrgico. Advento significa “chegada” e é o tempo santo de preparação para o Natal de Jesus. Esse tempo litúrgico possui dupla característica: sendo um tempo de preparação para as solenidades do Natal, em que se comemora a primeira vinda do Filho de Deus entre os homens, é também um tempo em que, por meio desta lembrança, voltam-se os corações para a expectativa da segunda vinda do Cristo no fim dos tempos. Por este duplo motivo, o Tempo do Advento se apresenta como um tempo de piedosa e alegre expectativa.

O Advento é um tempo especial para fazermos um questionamento sério sobre nossa vida pessoal e também sobre o mundo em que vivemos. É um momento privilegiado para averiguarmos se a semente de amor e justiça lançada por Jesus Cristo no coração dos homens está nascendo e frutificando.

O Natal é uma celebração que nos transmite profundas verdades de vida. Ao contemplarmos a gruta de Belém, descobrimos o imenso amor de Deus que assume nossa condição humana, vindo ao mundo para nos salvar. É Deus que se humaniza, para divinizar o homem.

Celebrar o Natal é descobrir, na pequenez e na pobreza do presépio, a grandeza e a riqueza do amor divino. É perceber a lição de humildade que Cristo veio nos ensinar. É optar pelo caminho que Ele veio nos mostrar. É acolher com sinceridade as verdades que veio nos comunicar, vivendo-as no nosso dia a dia. É assumir o compromisso com as causas do evangelho, lutando em defesa da vida, colocando-nos ao lado dos pobres, excluídos e injustiçados. É, a exemplo de Jesus Cristo, ser um sinal de contradição na sociedade, buscando a construção da justiça, da paz e da fraternidade.

Os cristãos devem celebrar o Natal com esse espírito. Por ser uma comemoração tão importante, é necessário que nos preparemos bem. Na Igreja, o Advento é o tempo de preparação, quando somos convidados a nos converter, mudando nossa mentalidade e nossas atitudes, para nos identificarmos cada vez mais com a proposta de vida que o Divino Mestre veio nos ensinar.

Coroa do Advento – Um dos símbolos do Advento é a grinalda ou coroa, que representa o infinito amor de Deus. Quatro velas são acesas e colocadas no círculo, uma a cada semana do Advento. Elas simbolizam a luz de Cristo que nasce para iluminar nossas vidas.

Dimensão cristológica e dimensão mariana

Em bonita reflexão, Padre José Luiz Majella Delgado (CSSR) nos apresenta o sentido desse tempo litúrgico: importante: “O Advento invoca a vinda do Senhor por meio de seus profetas. É um período de quatro semanas, tempo de preparação para as festas do Natal e Epifania. Esses dias proporcionam à nossa oração e à nossa meditação um mundo rico em realidades, em mistérios, em modelos, em tipos, em pensamentos e em sugestões espirituais.

Dois grandes temas dominam o Advento: o cristológico e o mariano. Algumas figuras dão uma tonalidade especial para este tempo litúrgico: Isaías e João Batista, a Virgem Maria e São José. A espiritualidade desses dias é um apelo para que possamos viver alguns comportamentos fundamentais da nossa vida cristã: a expectativa vigilante e alegre, a esperança, a conversão, a pobreza. A celebração deste Tempo é uma pedagogia para compreendermos o mistério da salvação: Jesus é o ponto de referência não só para os sentimentos piedosos e religiosos, mas para empenharmos toda a nossa existência no anúncio e testemunho do Reino de Deus. O Advento é também o tempo da Virgem Maria que se prepara na oração e no recolhimento para o grande mistério do nascimento de Cristo."



 
 
xm732