Maria
 
Maria, modelo de Caridade
 
Leia mais artigos sobre Maria
 

"Maria, solícita, partiu para a região montanhosa para visitar sua prima Isabel" ( Lc1, 39-40).

Da fé e da esperança nasce o amor para com o próximo. Toda a existência humana tem seu valor pela qualidade deste amor.

Considerando seu comportamento em casa de Isabel e em Caná, Maria é modelo do nosso olhar, dos nossos sentimentos e do nosso engajamento em favor do próximo.

Por isso, não podemos nos limitar aos nossos interesses e opiniões. Uma grande solidariedade deve nos comprometer com os familiares, vizinhos, conterrâneos e todos os que passam necessidades, pois a caridade não tem limites.

Bem aventurados aqueles que acolhem uma criança desde a sua concepção, que acolhem os marginalizados e excluídos, os que sofrem no corpo e na alma e todos os esmagados em sua dignidade humana!

Portanto, que tenhamos um coração aberto para melhorar a situação dos homens no que diz respeito a vida e a dignidade humana, aos anseios de maior justiça, á comunhão dos bens, a fraternidade e a paz entre os povos.

Assim como Maria, cabe a nós, a cada um de nós usar nossos talentos e dons para servir ao homem em todas as suas dimensões, tendo olhar fixo em Cristo, único modelo da existência humana.

Autor: O autor do texto abaixo é o Frei Rinaldo, o qual agradecemos muito a autorização de publicar tal conteúdo em nosso site.



 
 
xm732