Colunas
 
Clima Natalino
Por: DOM ALOÍSIO ROQUE OPPERMANN
SCJ ARCEBISPO DE UBERABA, MG
 
Leia os outros artigos
 

A muitos dias do Natal já se vêem enfeites, e farta propaganda comercial, chamando a atenção para a mais popular festa religiosa do ocidente. Não faltam os pequenos presépios, para configurar o ambiente.

É um sinal de que o comércio empata pesado na festividade, considerando-a como uma espécie de “redenção de caixa”. Manifesto-me favorável a um equilibrado comércio. Não há atividade humana, por mais sublime que seja -  nem mesmo a mais profunda mística -  que não evolua para o comércio. Temos necessidade de expressar exteriormente o que nos vai no íntimo.

Nada contra a distribuição de presentes, para manifestar nossa alegria pelo nascimento do menino, esperança das nações. Mas também no movimento comercial natalino podemos dizer: “use com moderação”.

Para que a sua festa de Natal de Jesus seja autêntica, é preciso entrar no espírito da coisa. Isso é, tudo deve nascer de uma forte motivação religiosa. A legitimidade da alegria começa quando se reconhece quem é o dono da festa: é a pessoa de Jesus.

Se alguém afundasse em compras de presentes, gastasse todo o seu 13º, entrando apenas  nessa conversa paupérrima do papai Noel, e não se alegrasse pela vinda de Jesus, diríamos que se trata de uma pessoa inconsciente. Quero dar-lhe uma sugestão. Trata-se de uma forma maravilhosa de mergulhar no verdadeiro clima natalino. Quero sugerir-lhe participar da novena de Natal.  

Nesta época, pelo Brasil inteiro, se formam centenas de milhares de grupos de novena, que seguem um livrinho, com milhões de cópias. Esses numerosos grupos se reúnem nas casas de família, onde cada um deles é formado por umas oito famílias.

É um momento de oração e de leituras bíblicas, que dura aproximadamente uma hora. Vive-se um momento de intensa alegria, de amizade, de amor pelas crianças, e de fé no Salvador da humanidade.

Não se deixe vencer pelas dificuldades de tempo, e de ocupações. Sua presença será um encorajamento para todos, e uma ocasião de estreitamento de amizades. Inscreva-se no grupo mais próximo da sua casa. Você sentirá, com todas as fibras do seu coração que “Jesus é o Senhor” (Fil 2, 11).



 
 
xm732