Colunas
 
Você convidou Jesus para o seu Natal?
Por: Padre Wagner Augusto Portugal
 
Leia os outros artigos
 

Estamos celebrando mais um Natal. Gostaria de fazer uma pergunta direta a você que lê o nosso jornal: Qual é o centro do seu Natal? Quem é a figura central em que se celebra no seu Natal? Você está mais preocupado com a sua ceia de Natal? Ou com as festas regadas à cerveja? Ou você está preocupado com o papai Noel e as árvores externas de Natal? Como você chega a esta noite de Natal e ao dia iluminado do Natal? Como um dia qualquer para muitas festas mundanas? Ou para que Jesus nasça no seu coração?

Você convidou Jesus para participar da sua ceia de Natal?

Você convidou Jesus para participar do seu almoço de Natal?

Você convidou Jesus para caminhar no próximo ano com você todos os seus dias para que os seus dias sejam iluminados pela pessoa de Jesus Cristo?

Nós devemos romper o círculo vicioso e materialista do mundo que coloca o Natal como uma simples festa mundana, de compras e vendas, de confraternização sem compromisso, e viver um Natal verdadeiramente Natal. Natal é dia de Nascimento do Redentor da Humanidade, de Nosso Salvador Jesus Cristo.

Somente há sentido em se celebrar o Natal se o aniversariante for JESUS CRISTO, o nosso REDENTOR E SALVADOR.

Convido você, querido leitor, para diante do presépio, coloque o seu olhar à inteira humanidade,destinatária da graça do segundo Adão, sempre, porém, herdeira do pecado do primeiro Adão. Não será por acaso este primeiro “não” a Deus, reiterado em cada pecado do homem, que continua a desfigurar o rosto da humanidade? Crianças agredidas, humilhadas e abandonadas, mulheres violentadas e desfrutadas, jovens, adultos, velhos marginalizados, listas intermináveis de exilados e de prófugos, violência e guerrilha em numerosos pontos do planeta, particularmente em nossas cidades com a guerra do tráfico e da droga. Quanto mais densas forem as trevas, mais forte ainda é a esperança do triunfo da Luz surgida na Noite Santa em Belém.

Quanta bondade é feita silenciosamente por homens e mulheres que vivem no dia-a-dia a sua fé, seu trabalho, sua dedicação à família e para o bem da sociedade. Mais: é estimulante o empenho dos que procuram que sejam respeitados, mesmo no âmbito público, quando na singeleza da Manjedoura, somos convidados a dar um não ao aborto, à eutanásia e à cultura da morte, valorizando a cultura da vida.

Jesus somente vai nascer no seu coração, vai fazer parte do seu Natal, se na singeleza da abertura do seu coração, Ele for o principal convidado do seu próprio aniversário. Afinal, há festa de aniversário sem o aniversariante? Sem Jesus não há um autentico Natal!

Bom Natal para todos vocês!



 
 
xm732