Colunas
 
O que é a verdade
Por: DOM PAULO MENDES PEIXOTO
ARCEBISPO DE UBERABA - MG
www.bispado.org.br
 
Leia os outros artigos
 
Para enviar esse texto automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
Leia os outros artigos
 

No dicionário podemos encontrar que a verdade significa "estar de acordo com os fatos ou com a realidade". Pode ser também fidelidade às origens ou a um determinado padrão. Ela aparece dentro de um sistema de valores, que não admite nenhuma mentira e tem a certeza com o critério de sua própria e real identidade.

Dizemos que Deus é a verdade absoluta e, com isto, nos dando certeza na realização de seus planos, conduzindo-nos para a chamada "terra prometida". São planos de vida verdadeira, contra a exploração e as atitudes que levam à morte. Planos de libertação e não de opressão e condenação. Construir a verdade é conquistar um mundo novo, sem mentiras e nem exploração.

A verdade é diferente de legalismo, porque não dificulta a aproximação e nem o diálogo, proporcionando possibilidades de vida comunitária. Podemos dizer que a pessoa justa é também verdadeira e, com isto, consegue amar com mais profundidade, provocando em todas as pessoas um mundo de mais esperança para o futuro.

Para se ter uma vida saudável, é necessário superar todos os tipos de escravidão, vivendo em processo de libertação constante. Acima de tudo deve estar a verdade, a identidade do cristão e do cidadão. Sabemos que não é fácil ser verdadeiro numa cultura marcada pela força da mentira, que causa desânimo nos que querem ser verdadeiros.

O itinerário da vida, com honestidade, pode causar insegurança, perigo, cansaço, tensão, mas não podemos perder a resistência e o ânimo na caminhada. Chegamos até a dizer de uma "utopia da verdade", mas deve ser sempre uma conquista. Somente a certeza da presença de Deus será capaz de nos garantir a vida assentada na verdade.

Agir de forma verdadeira e autêntica supõe sempre total mudança de mentalidade, de entrar em uma nova relação com o próximo derrubando barreiras e diferenças e se deixando guiar pelo Espírito da verdade. Neste contexto, a esperança não nos decepciona, porque firma os nossos passos e não nos deixa na confusão e nem desapontados, perdidos na história da vida.

 
 
xm732