Colunas
 
O YOUCAT e a JMJ no Ano da Fé.
Jerônimo Lauricio - Bacharel em Filosofia.
E-mail: jeronimolauricio@gmail.com
 
Leia os outros artigos
Para enviar esse texto automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
Leia os outros artigos
 

O Ano da Fé chegoutrazendo a todos nós um bonito caminho em direção a Cristo, única “Porta”, pelaqual devamos entrar como nos recorda o Santo Padre em sua Carta Apostólica “Porta Fidei”. Nesse caminho nada nosserá tão difícil ou estranho se nos permitirmos ser guiados pela Voz da Igreja.É ela quem sinaliza a estrada nos convidando a fazer uma fecunda experiência dematuridade e crescimento da Fé.

Uma sinalizaçãointeressante para a juventude nesse tempo é o YOUCAT, nosso Catecismo Jovem. NaNota com Indicações Pastorais para o Ano da Fé, o Cardeal William Levada,quando ainda Prefeito nos animou quanto à oportuna utilização do YOUCAT paraesse tempo que se inaugura.  “O Anoda Fé poderá ser uma ocasião para uma referência oportuna à utilização de bonsinstrumentos catequéticos, como por exemplo, o Compêndio do Catecismo da IgrejaCatólica ou como o YOUCAT”, conclui o Prefeito Emérito da Congregaçãoda Doutrina da Fé. Essa indicação somada ao prefácio do Papa no YOUCAT é umimportante sinal que nos aponta como viver bem esse ano.

Vivemos hoje a “new evangelization”, e o YOUCAT éconsiderado pelos teólogos e jovens iniciadores um importante instrumento paraa formação e evangelização dos nossos jovens nesse “continente digital”. Não se trata apenas de um livro qualquer,porque ele é “cativante e fala do nossopróprio destino, pelo que está profundamente próximo de cada um de nós”como bem nos disse o Papa. Uma vez que fomos cativados, somos impulsionados a caminharao encontro daqueles que ainda não encontraram o sentido de suas vidas: Jesusde Nazaré.

Mas não caminhamossozinhos. Ao contrário, somos peregrinos em comunhão. Aprendemos juntos. OYOUCAT foi oficialmente apresentado ao mundo em uma JMJ pra nos recordar quesozinhos não conseguimos dar mais que dois passos. Viver e anunciar aquilo quecremos são dois ofícios que reclamam a necessidade que temos uns dos outros. Esseé o segredo de jovens do mundo inteiro saírem de seus países, suas culturaspara encontrarem-se na JMJ. Esse é o grande mistério que nos atrai e nosfascina. Não sem razão é que na mesma Nota Pastoral para esse ano, o Cardealnos recorda que “A próxima Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro em 2013oferecerá uma ocasião privilegiada aos jovens para experimentar a alegria queprovém da fé no Senhor Jesus e da comunhão com o Santo Padre, na grande famíliada Igreja”.

Que nesse percurso do Anoda Fé como peregrinos da JMJ, “indo e fazendo discípulos entre todas as nações”(Mt 28, 19), descubramos juntos o rosto de Jesus de Nazaré em cada página doYOUCAT.  Ele é como um campo que escondeum verdadeiro tesouro. “Ele apresenta-nos a mensagem do Evangelho como uma«pérola preciosa» (MT 13,46), pela qual se tem de dar tudo”, como tão bem nosdisse o Papa. Que a Graça de Deus seja o nosso auxílio nessa bonita caminhadaque começamos a fazer.

Seu irmão,

Jerônimo Lauricio

Equipe do CatecismoJovem

 
 
xm732