Colunas
 
A sabedoria de Deus e seu amor em Cristo
Por: DOM EURICO DOS SANTOS VELOSO
ARCEBISPO EMÉRITO DE JUIZ DE FORA, MG.
 
Leia os outros artigos
 
Para enviar esse texto automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar esse artigo para todos seus amigos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
Leia os outros artigos
 

O nosso Deus, o Deus de nossos pais, o Deus de Abraão, de Isaac e de Jacó é, sobretudo, nosso Abbá, esse nome mágico que teve em Jesus seu inventor, esse nome que nos faz sentir "filhinhos de Deus" e, ao mesmo tempo, nos concede a soberania daquele que nada teme, porque o Abbá "é meu pastor, nada me faltará.
Em verdes pastagens ele me faz repousar. Conduz-me junto às águas refrescantes, restaura as forças da minha alma".

Pensando na Trindade Santíssima, que tantas vezes podemos ver representada em belíssimas imagens e telas, invade nosso coração a paz, a ternura, o silêncio, a pacífica comunhão dos Três, dos nossos Três.

Emerge, sobretudo a figura de Jesus. Quem procura conhecer a sua vida e a sua mensagem se apaixona cada vez mais. Ele encanta-nos por ser nosso líder, nosso chefe, o mestre das nossas ideias.

Devido ao fato de que Ele viveu fisicamente aqui na terra, Jesus é a imagem que temos de Deus. Sua vida nos entusiasma. Não sabemos o que seria de nossa vida se não pudéssemos fazer memória de sua paixão, morte e ressurreição, se já não pudéssemos celebrar a Eucaristia.

É tão luminosa a figura de Cristo, tal qual a imaginamos na transfiguração, que precisamos usar filtros para não nos cegar com seu deslumbramento.

Às vezes, os afazeres do mundo não nos deixam tempo de pensar e lembrar e, assim, confinamos Jesus, esquecido na Igreja. Ele veio para evangelizar os pobres, mostrar-lhes a sabedoria, a bondade e a misericórdia do Pai. Por Ele entendemos que o Reino de Deus é o oposto de todas as formas de reino que existem no mundo. Existe reino nos Estados, mas também existe reino nas famílias, nos grupos. Jesus anunciou e trouxe um reino alternativo. Nesse reino, os últimos serão os primeiros.

É insondável e infinitamente maravilhosa a sabedoria de Deus que envia sua Palavra à humanidade, fazendo a Virgem Maria gerá-la como ser humano, para ser um de nós e para ensinar-nos a humildade, a solidariedade, a misericórdia, o perdão, o amor.

Ao longo da história da salvação, registrada na Bíblia, através dos textos dos escritores sagrados, percebemos a sabedoria infinita de Deus, sempre querendo nos amar, sempre querendo nos perdoar, sempre querendo apontar o caminho certo que leva à eterna e plena felicidade.

Contudo, o gesto que mais nos toca o coração é o envio do Filho, que viveu entre nós, abençoou, curou, perdoou, amou a sua gente e amou de tal maneira que deu a sua vida por nós.


 
 
xm732