Colunas
 
Buscai as coisas do alto!
Por: Claudio Silva Borges
Paróquia Santuário Nossa Senhora da Paz e Comunidade de vivência igreja São José do Tabor.
São Paulo - SP
 
Leia os outros artigos
 

Fomos desejados por Deus, Ele nos teceu no ventre de nossa mãe, conhece-nos pelo nome, e sabe tudo o que acontece conosco desde a planta de nosso pé até o último fio de cabelo. Nada passa desapercebido por Ele. Ele nos sonda, é fiel!

Ora diante de tudo isto, porque em minha vida nada tem dado certo?

Amado e amada realmente afirmo nem dará!

Cristo em sua morte e ressurreição, sua Páscoa, nos libertou para uma vida nova, uma vida triunfal, na qual você não mais se pertence. Sua vida pertence a Cristo, e você utiliza dela por um determinado tempo.

Os bens materiais deste mundo tem que ser somente um trampolin para alcançarmos a eternidade.

Não podemos nos prender, viver agarrados em coisas, pessoas, porque tudo é passageiro, tudo passará, só Deus permanece.

Não estou dizendo que você têm que largar as pessoas que ama, os bens que possui, digo que estes bens e pessoas não podem ser tratadas como deuses.

É necessário que afeiçoemo-nos as coisas lá de cima.

Com certeza buscar as coisas do alto não é fácil. Fácil realmente é ir para o inferno. Numa subida, perceba o esforço que se faz para chegar no alto, você cansa, dispende suor, chega exaustivo. Enquanto numa descida, pense você como será. É muito mais fácil descer não cansa tanto, agrada mais.

Busquemos as coisas do alto, onde Cristo nos aguarda com uma morada preparada para cada um de seus queridos filhos.

Não de deixe levar pelo que uma dia irá se acabar.



 
 
xm732