Colunas
 
Somos frutos do amor.
Por: Claudio Silva Borges
Paróquia Santuário Nossa Senhora da Paz e Comunidade de vivência igreja São José do Tabor.
São Paulo - SP
 
Leia os outros artigos
 

Vida Nova bem vivida somente no Amor de Deus.

Não dá mais pra voltar, deste que é o caminho, a verdade e a vida.

Bora lá, amados e amadas sermos vitoriosos com Cristo que ressuscitastes vencendo a morte, mudando a nossa sorte, para que tenhamos vida em abundância.

Abrace a graça que insistentemente passa por você.

Pelo caminho do Senhor que trilhamos, chega um momento em que carregar algumas coisas, não poderemos.

Pois, em nossa vida pesam e se não largarmos preso ficaremos.

Luxúria, gula, cobiça, orgulho, vaidade, soberba, avareza, ira, vícios, ódio, rancor, mágoa, ressentimentos, medo, culpa, materialismo, necessidade de aprovação dos outros.

Tudo isto e muito mais, acabam não nos deixando sermos mais de Deus.

Somos frutos do amor. Portanto, fazer o bem sem olhar a quem é nossa missão e enquanto temos oportunidade façamos o bem à todos. Aproveite cada chance que tiver para fazer o bem. Sempre que puder ajude os que mais precisam. Não diga ao seu vizinho que espere até amanhã, se você pode ajudá-lo hoje.

Algumas pessoas parecem ser donas de si. Até parece que o amanhã está garantido.

E não é assim, nós não temos a garantia do amanhã.

Pessoas morrem, circunstâncias mudam, pessoas nascem, tudo se modifica.

Algumas questões quando ficarmos perante Deus viram à tona.

Como explicar quando em nossa vida pessoas e coisas foram mais importantes para você de que pessoas? Com quem precisamos ficar mais tempo? O que devemos fazer para tornar isso possível? Que sacrifícios devemos fazer?

Se achas por bem respondê-las com uma resposta positiva, bom para você, tens entendido o sentido de sua existência. Lembre-se você não está aqui neste mundo por acaso.



 
 
xm732