Colunas
 
Pensamentos negativos
Por: Adriano José Gonçalves
Paróquia Santuário de São Judas Tadeu
Sete Lagoas - Minas Gerais
E-mail: sharingamn@gmail.com
 
Leia os outros artigos
 

Vivemos numa sociedade tão negativista! Nuvens de pessimismo e ceticismo estão sempre pairando ao nosso redor. Não adianta ter um enorme potencial, sem há “alguém” tentando nos fazer pensar o contrário. Mas do que você é realmente capaz?

A maioria das pessoas não se pergunta isto. Vão até onde acham que podem. Nossos olhos não foram feitos para enxergar apenas obstáculos. Mas nos acostumamos com eles. Adaptamos-nos a ver somente as dificuldades. Não que devamos esquecê-las. A questão é que nos concentramos demais nas afrontas e empecilhos presentes em nosso caminho, e, não raro, nos desligamos do próprio caminho e de nossos objetivos.

Vivo ouvindo frases como: não tem como! Não posso! Não sei! Não dá! Parece que nossa realidade é tão negativa que não conseguimos sair disto. No entanto, será que alguém já parou para pensar no que a palavra “não” representa? É fácil pensar ou imaginar uma maçã? E uma TV? Ou suco de açaí? Ou quem sabe um Sabiá? Simples, não é? São todos seres animados. São objetos concretos. Então imagine beleza, ou raiva, ou amor. Ou quem sabe entusiasmo, ou depressão, ou graça.

Também é possível ver estas palavras em nossa mente. Podemos associar a alguma coisa que nos incite determinado sentimento. Conseguimos captar o que seria a idéia destas coisas. Podemos abstraí-las. Criamos imagens ou associações para todas as palavras que usamos. Certo? Então, faça-me um favor, crie uma imagem para a palavra “não”. Mas não veja alguém dizendo não, ou você comentando algo negativo. Use simplesmente a palavra “não”, sem contextualizá-la. Crie um cenário estático, que traduza esta palavra. Você é capaz?

Eu digo que posso visualizar a maçã em si, o pássaro em si, a beleza em si. E pergunto: alguém é capaz de visualizar a negação em si? Afinal de contas, o que esta palavra significa, já que não podemos criar uma imagem mental que a identifique por si mesma?

Ouso afirmar que dentro do seu cérebro, o “não” é algo vazio. Nosso cérebro trabalha com focos. Ele faz um intercâmbio entre abstrato e concreto. Ele associa, relaciona, analisa, determina, junta, separa. Mas ele sempre age com algum foco em vista. O que eu estou querendo dizer é que dentro da sua mente “fazer” e “não fazer” são praticamente a mesma coisa. Seu cérebro não tem imagem alguma para interpretar este “não” que você diz. O “não” é uma palavra vazia. Negamos quando falamos, mas não existe forma de negar pensamento. Palavras são ou não são. Pensamentos sempre são. E é você quem decide se eles irão ser negativos ou positivos.

Quando você pensa coisas negativas, não coisas ruins, coisas negativas. Quando você tem pensamentos repletos de “nãos”, você está apenas consumindo energia cerebral com algo que você não quer. Opa! Mas se você não quer, por que então você pensa nisto? Não deixa de ser uma pergunta interessante esta.

O seu cérebro, eu repito, não vai saber distinguir. E de um jeito ou de outro, consciente ou não disto, você vai querer mentalmente algo que em suas palavras você diz não querer. Ou pelo menos estará gastando energias com isto. Pode parecer estranho, como realmente é num primeiro momento, mas eu não estou inventando isto. Não é coisa que está saindo da minha cabeça. É por isto que eu digo, determine o que você quer, e deixe seu cérebro focá-lo. Nada de ouvir as pessoas dizendo que não tem jeito, ou de pensar que não pode. Desta forma, você nunca será capaz de nada. Apenas acredite, acredite que é possível e tente. É nos nossos pensamentos que começamos a desenhar a realidade das nossas vidas. E se você realmente quer algo: pense, acredite e busque! O pensamento positivo não traz tudo, porém traz muito mais do que ficar pensando nos “nãos” que te aguardam pelo mundo afora.

Pense bem nisto. Todos nascem capazes de incontáveis coisas. A diferença é que alguns acreditam mais nisto, e buscam se aprimorar. Outros se perdem em suas negações. Só se torna incapaz quem acredita ser, ou aceita ser. Por que você não enterra este “não consigo”, e tenta? De vez em quando, talvez precise também tapar os ouvidos, mas continue. Tente. Busque. Acredite. Se tantas pessoas foram longe nesta vida, por que não podemos nós também ir? Tudo é uma questão de foco, fé decidida e atitude...



 
 
xm732