Formação de Catequista
 
Cooperar é progredir juntos
 
Leia os outros artigos
 

Estimados catequistas, quero apresentar para vocês alguns roteiros de encontros com as crianças e adolescentes sobre lugares importantes em nossa vida, tais como a casa, o bairro, a escola, a comunidade. Tudo isso com o objetivo de despertar nos pequenos o senso de responsabilidade e cuidado com cada um desses ambientes.

Esses encontros opcionais poderiam ser aplicados num momento à parte, sem interromper a programação da Catequese na Comunidade.

Nesta oportunidade, sugiro que trabalhe com os catequizandos o tema da casa, pois é muito importante que eles conheçam as necessidades de cada pessoa humana de ter uma habitação, pois a casa é o lugar onde nos abrigamos contra qualquer tipo de adversidade, sejam as da natureza, sejam as de cunho social; os problemas causados pela falta de moradia digna para todos; as políticas públicas que proporcionam moradia principalmente para as classes mais pobres e, sem sombra de dúvida, sensibilizar nossas crianças e adolescentes acerca da necessidade de criar relações de cooperação, visando o crescimento de todos e a melhoria das condições de habitação.

Material
Argila, massa para modelar, cartolina, papelão, cola, tinta, tesoura e outros materiais para a realização da atividade.

Atividade
1. Preparar a turma, conversando um pouco sobre a casa, uma das coisas mais importantes para a vida. Lembrar que a maior parte das pessoas não têm casa boa e muitas moram num só cômodo, ou em dois e até em barracos.

2. Propor ao grupo que construa uma casa usando os materiais disponíveis. Antes, porém, deverão se organizar e discutir como será essa casa, se será apenas um desenho, ou se vão confeccionar uma casa de argila e massa para modelar. É necessário que use toda a criatividade.

Trabalho em grupo
1. Os catequistas devem dividir a turma em pequenos grupos e estes, depois de decidirem como vão realizar esta obra, dividem as tarefas, de modo que cada grupo faça uma parte da casa.

2. Se for um número grande de catequizandos, poderão usar a criatividade e modelar os móveis para a casa.

Diálogo
É muito importante que depois da conclusão do trabalho, haja um momento para o diálogo e os catequistas têm a função de ajudar o grupo a perceber como foi o processo de execução da atividade proposta:

1. Houve competição em nosso trabalho? Por quê?

2. Foi fácil montar a casa?

3. Por que conseguimos montar uma casa em tão pouco tempo?

Por fim, devem concluir a reunião com uma oração, trazendo presentes todas as pessoas que sofrem com as desigualdades do sistema social, que são impedidas de terem acesso a direito de ter um lugar para viver dignamente.

Pe. Jorge Paulo da Silva Sampaio
Santuário Nacional de
Nossa Senhora Aparecida



 
 
xm732