Formação de Catequista
 
A prática do Portfólio
 
Leia os outros artigos
 

A prática do portfólio pode e deve concentrar a atenção de todos (catequizandos, familiares e catequistas) nas atividades importantes do aprendizado da mensagem cristã. O Processo de compilação dos trabalhos realizados pelos catequizandos pode estimular o questionamento, a discussão, a análise e a reflexão dos temas apresentados nos encontros e relacioná-los com os acontecimentos do cotidiano. O portfólio proporciona ao catequizando, se servir dos conhecimentos adquiridos fora do encontro, enriquecendo assim as atividades catequéticas, relatando suas próprias experiências.

Como elaborar
O objetivo é a interação fé/vida. Já o portfólio dos catequistas, é o registro do planejamento das atividades e a avaliação do encontro e dos participantes. Ambos são iguais na estrutura, porém o do catequista difere no conteúdo.

O portfólio do catequizando poderá ser feito em um caderno brochura (se possível de capa dura) ou uma pasta de plásticos para inserir anotações, trabalhos realizados em sulfite e demais atividades. Confeccionar a capa é uma atividade que desperta um maior interesse no catequizando. Ela tem de ter a cara do catequizando, deve ser autêntica. Não use um como modelo, a proposta é justamente a criatividade. Diversas linguagens expressivas ajuda-nos a identificar os interesses da turma e a conhecer mais os catequizandos.

Roteiro de Portfólio dos Catequistas:

1- Data de realização do encontro
2- Assunto/Tema
3- Objetivo proposto
4- Desenvolvimento
5- Registro da interação fé/vida
6- Anexos
7- Principais destaques ( registrar o interesse dos catequizandos pelo tema, pontos + e – do encontro)
8- Observações a respeito do comportamento, atitudes

O portfólio do catequizando pode também ser instrumento de evangelização para pais, irmãos e outros membros da família, encorajando-os a fazerem parte dos encontros catequéticos. É importante os catequistas envolverem os pais que afinal são os primeiros catequistas dos filhos. Solicitar aos pais que acompanhem e participem da confecção do portfólio do catequizando é uma forma de explicar e defender quaisquer mudanças na maneira de como ensinamos e os cuidados que temos na educação da fé de seus filhos.

O pais podem ajudar:

• fornecendo informações, materiais e comentários para o portfólio

• participando de um encontro com o grupo e partilhando suas experiências sobre o assunto

• sendo parceiros, trazendo sugestões sobre a aplicação e comentando sobre o interesse do(a) filho(a) sobre os temas abordados na catequese

• oferecendo material pedagógico e de apoio para enriquecer os encontros

• motivando seus filhos, alertando-os para os fatos do cotidiano, notícias, indicando livros, lendo juntos, conversando juntos.

Abrir um portfólio bem feito é como abrir uma arca do tesouro. Folhear as páginas e se deparar com anotações, rascunhos, esboços, amostras de trabalhos, desenhos, fotografias, é remeter-se a momentos especiais de nossas vidas. Sentimentos como alegria e saudades poderão ser despertados nesse momento.


Fonte: Autor: Rogério Bellini
Publicado pela Revista Ecoando - Adaptado Flávio
Catequese Express



 
 
xm732