Contos e reflexões

O rapaz que caçava 'nhanha'

Certa vez, um rapaz estava numa esquina, olhando para cima e dando pulos. Ele pulava o mais alto que podia e tentava pegar algo no ar. Depois abria a mão cuidadosamente e, vendo que não havia nada, pulava de novo. As pessoas que passavam não viam nada no ar.

Por acaso, passou por ali um professor dele. Viu a estranha cena e continuou caminhando. Mas, um pouco na frente, parou, olhou para trás e perguntou: "O que você está fazendo?" "Caçando nhanha", respondeu o jovem. E continuou pulando. O professor insistiu: "Mas, o que é nhanha?" O moço disse: "Eu também não sei, pois não peguei nem uma ainda".

Muita gente vive por aí caçando nhanha, isto é, procurando algo que não sabe o que é, porque ainda não encontrou. Vive caminhando pela vida, sem saber para onde, porque ainda não chegou.

Maria Santíssima, conduzida pelo Espírito Santo, sabia muito bem o que estava procurando na vida. "O Espírito Santo virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. Por isso, aquele que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus" (Lc 1,35). Peçamos a ela que nos ajude a ter um ideal na vida, a fim de não vivermos caçando nhanha.

Adaptação: Pe. Queiroz
www.a12.com
 
Para enviar o recado automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar essa mensagem para todos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
 
LEIA AS OUTRAS MENSAGENS
Aprenda como enviar nossas mensagens:
Compartilhando no mural do facebook
Para publicar essas mensagens no seu mural do facebook com todos os amigos. Clique no link acima e saiba como.
 
Compartilhando no mural de um amigo.
Gostaria de enviar essas mensagens apenas para um amigo, o que eu faço?. Clique no link acima e saiba como.
 
Enviar por email
Quero enviar as mensagens por email. Clique no link acima e saiba como.
 
Voltar ao índice dos contos e reflexões
 
 
 
 
 
xm732