Contos e reflexões

O pai que fingiu de palhaço

Certa vez, um pai não conseguia dialogar com seus filhos. Todas as tentativas eram fracassadas. Os filhos até evitavam ficar junto com ele. Chegou ao ponto de o pai se sentar para ver a televisão e os filhos irem saindo, um por um, até ele ficar sozinho.

O motivo eram as exigências do pai a respeito do bom comportamento. Diziam que ele era "quadrado", que o mundo mudou e ele ficou para trás etc.

Entretanto, o pai era uma pessoa sensata e inteligente. Os filhos é que estavam errados e iam na onda do mundo pecador. O maior desejo do pai era ser amigo de seus filhos e ouvir a opinião deles, mesmo que contrária à sua, mas nem isso conseguia.

Aquele pai teve uma idéia. Como tinha acabado de chegar um circo à cidade, ele alugou uma roupa de palhaço e guardou escondida na firma onde trabalhava. Numa sexta-feira, avisou a família que ia fazer uma viagem a serviço da firma e só voltaria na segunda-feira.

No sábado à tarde, ele vestiu a roupa de palhaço, tomou um táxi e desceu a um quarteirão de sua casa. Chegou e apertou a campainha. Veio o filho mais velho. O pai falsificou a voz e se apresentou dizendo: "Eu sou o palhaço do circo. Vim convidá-los para a cessão de hoje à noite, e ao mesmo tempo fazer uma breve pesquisa com a família". "Pois não", disse o moço. "O senhor pode entrar e sentar-se".

A família se reuniu, o palhaço pegou uma plancheta e começou a fazer as perguntas. Perguntou sobre a escola que cada um frequentava, sobre os amigos... O papo ia gostoso, até que a menininha mais nova disse espantada: "Mãe, o palhaço está chorando!" Era verdade. Nesta hora, ele não aguentou mais e tirou a máscara. Foi só choradeira.

Que na nossa casa os pais não precisem inventar uma estratégia como esta, para conversar e dialogar com os filhos. Se já houve falhas, pelo menos daqui para frente que não haja mais e os filhos acolham bem os pais. Que na família todos tenham espaço para se abrir e dialogar.

Maria Santíssima é a Rainha das famílias. Que ela interceda pelas nossas famílias, a fim de que estejamos sempre unidos, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, até a morte.

Adaptação: Pe. Queiroz
www.a12.com
 
Para enviar o recado automaticamente no FACEBOOK, clique no botão abaixo:
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar essa mensagem para todos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
 
LEIA AS OUTRAS MENSAGENS
Aprenda como enviar nossas mensagens:
Compartilhando no mural do facebook
Para publicar essas mensagens no seu mural do facebook com todos os amigos. Clique no link acima e saiba como.
 
Compartilhando no mural de um amigo.
Gostaria de enviar essas mensagens apenas para um amigo, o que eu faço?. Clique no link acima e saiba como.
 
Enviar por email
Quero enviar as mensagens por email. Clique no link acima e saiba como.
 
Voltar ao índice dos contos e reflexões
 
 
 
 
 
xm732